Aveiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3994 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Capital de distrito e sede de concelho, Aveiro encontra-se delimitada a norte pelo distrito do Porto e a sul pelo distrito de Coimbra.
Encontrando-se no litoral do país, esta cidade encontra-se a 68 km da cidade do Porto e a 243 km da cidade de Lisboa.
É uma cidade de média dimensão que conheceu um forte desenvolvimento nos últimos anos conjugando actualmente a modernidade e a tradição.
A suatradição está ligada ao mar não só pela sua proximidade a este, mas também devido à Ria de Aveiro que se estende com os seus canais por várias ruas da cidade.
Actualmente, a cidade conheceu um forte rejuvenescimento devido ao número de estudantes que passou a habitar a cidade, após a construção da Universidade.
-------------------------------------------------
História da Cidade
No séculoXIII, Aveiro foi elevada à categoria de vila, desenvolvendo-se a povoação à volta da igreja principal, consagrada a S. Miguel e situada onde é, hoje, a Praça da República.
Mais tarde (seculo XV), D. João I, a conselho de seu filho, Infante D. Pedro, que era donatário de Aveiro, mandou rodeá-la de muralhas que ao serem demolidas, as suas pedras foram utilizadas na construção dos molhes da barra nova.Neste mesmo século, mais propriamente em 1472, a filha de D. Afonso V, a Infanta D. Joana entrou no Convento de Jesus, onde viria a falecer a 12 de Maio de 1490. Esta data é celebrada como o feriado municipal de Aveiro, pois a Infanta D. Joana é a padroeira desta cidade.
A magnífica situação geográfica proporcionou a Aveiro, desde muito cedo a fixação da população, sendo a produção de sal, aspescas e o comércio marítimo as atividades mais antigas, ou seja, as atividades ligadas ao mar. No entanto, nos finais do século XVI e princípios do século XVII, a cidade perdeu um grande número de habitantes, pois muito deles emigraram, devido à instabilidade da comunicação entre a Ria e o mar que levou ao fecho do canal, provocando assim o impedimento da utilização do porto e criando condições deinsalubridade, causadas pela estagnação das águas. Toda esta instabilidade fez com que nesta altura a cidade sofresse uma grande crise económica e social.
Em 1759, D. José I elevou Aveiro a cidade, poucos meses depois de ter condenado por traição o seu último duque. No século XIX procedeu-se à demolição progressiva das muralhas, sendo uma parte das pedras utilizadas para a construção dos molhesda barra nova. Neste mesmo século, destaca-se a ativa participação dos aveirenses nas lutas liberais e do parlamentar José Estêvão Coelho de Magalhães que teve um papel muito importante no desenvolvimento da cidade, na fixação da atual barra e no desenvolvimento dos transportes.
papel determinante no que respeita à fixação da actual barra e no desenvolvimento dos transportes, muito importantepara o desenvolvimento da cidade.

>GASTRONOMIA
As tradições gastronómicas de Aveiro devem-se, em boa parte, aos paladares adocicados daqueles que, ao longo do tempo, foram cozinhando as receitas que agora fazem as delícias de residente e visitantes. Um caso exemplar é o das freiras do Convento de Jesus. Deixaram um legado capaz, já disse alguém, de nos fazer "cantar louvores supremos". São ostípicos ovos moles, pois claro. Símbolo de Aveiro por excelência, são servidos em barriquinhas de madeira decoradas com coloridas pinturas de temática regional ou em revestimento de hóstia imitando formas marinhas.
Percorrendo um pouco mais a doçaria aveirense, encontramos outros legados de conventos religiosos da região de igualmente fazer crescer água na boca. Deixamos aqui apenas algunsexemplos: raivas, ovos em fio, castanhas doces, bolos de vinte e quatro horas, fatias húmidas, barrigas de freira.

Mas não só em doçaria é rica a gastronomia da região. Os apreciadores da boa mesa podem regalar-se com pratos de carne e de peixe, sobretudo deste último, fruto dos bem apaladados pratos dos pescadores que povoaram, e ainda povoam, este litoral lusitano.
Comecemos pelas receitas de...
tracking img