Autoconceito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2475 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade de Évora departamento de ciências sociais ciencias da educação |
Condicionamento Operante |
Burrhus F. Skinner & Edward L. Thorndike |
Docente: Profª Drª. Heldemerina Samutelela Pires |Discentes: Josué Serafim (25242)José do Carmo (25242) |
|

“- O homem nada faz sem estímulos.” |
08-04-2012

Índice

Introdução 2
Teoria do condicionamento Operante 3
Lei do efeito de Thorndike 3
Lei da aquisição Skinner 5
Tipos de Reforços 6
Reforço positivo 6
Primário 6
Secundário 6
Reforço negativo 6
Condicionamento de Fuga 6
Condicionamento de Esquiva 7
Esquemasde reforço 8
Contínuo 8
Parcial ou Intermitente 8
Intervalo Fixo 8
Intervalo Variável 8
Razão Fixa 8
Razão Variável 8
Extinção 9
Punição 10
Tipo I 10
Tipo II 10
Modelagem 11
Exemplificação 12
Exemplos observados na educação do ser humano 12
Contributos à Aprendizagem 13
Reflexão crítica 14
Bibliografia 15

Introdução

Em trabalho de grupo realizado para adisciplina de Cognição e Aprendizagem iremos abordar a temática “O Condicionamento Operante e o seu contributo para o domínio da aprendizagem”.
Após uma apresentação à turma vamos neste trabalho ser mais explícitos e alargados na temática para consigamos tocar em todos os pontos precisos para que não deixemos dúvidas.
A temática surge estudada inicialmente por Edward Thorndike e posteriormente porBurrhus Skinner, sendo este último o mais o mais influente na teoria em estudo.
Skinner, autor do livro “Beyond Freedom and Dignity”, no qual defendeu vários métodos científicos para modificar o comportamento com a finalidade de construir uma sociedade mais feliz e mais bem organizada. (Wikipédia, 2012)
Esta teoria comportamentalista tem a sua aparição após a Teoria Clássica e a qual quiscontrariar. Numa época em que a aprendizagem procurava melhores dias a Teoria do Comportamento Operante veio dar novos conhecimentos nesse caminho. Os seus defensores diferenciavam-na como sendo uma teoria que relacionava as aprendizagens com meio ambiente.
As aprendizagens seriam influenciadas por algo existente no meio que iria ajudar ou prejudicar as repetições dessas repetições, sendo que aaprendizagem existe quando se repete um comportamento com intenção.
O comportamento operante relacionava a existência de um reforço como forma de aumentar essa intenção de repetir o comportamento. Numa aprendizagem a teoria defende também a existência de possíveis punições para extinguir comportamentos.
Os estudos referem ainda que esses reforços poderiam diferenciar em termos de tempo ou de forma, oque levaria a explicar o porque se algumas aprendizagens poderiam ter maior duração ou maior eficácia que outras.
Varias foram as experiencias elaboradas para comprovar a teoria, foram estudados vários animais antes de serem executados em humanos.
Para dar a entender melhor, neste trabalho exemplificaremos algumas situações ligadas à educação existentes na sociedade que nos rodeia.

Teoria docondicionamento Operante

Os behavioristas dão particular importância ao estabelecimento de leis gerais que expliquem as mudanças do comportamento.
A aprendizagem por associação acontece quando são estabelecidas relações ou associações entre dois fenómenos. (Barbosa J. , 2009)

Segundo Barbosa, o condicionamento é o processo típico de aprendizagem associacionista.
A aprendizagem porcondicionamento operante consiste em associar um comportamento às suas consequências ou efeitos.
Um comportamento é reforçado ou enfraquecido tendo em conta as suas consequências.

Lei do efeito de Thorndike

“As aprendizagens são o resultado de associações formadas entre estímulos e respostas. Tais associações ou "hábitos" fortalecem ou enfraquecem dependendo da natureza e frequência dos pares.”...
tracking img