Autobiografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (908 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Inicialmente me apresentarei e também minha família. Eu sou Jucelino Luiz Pereira, filho de Manoel Tertuliano Pereira e Terezinha Luiz Pereira, Eu nasci na cidade do Rio de Janeiro, estado do Rio deJaneiro, Brasil, em 27 de Março de 1989 e fui registrado em 30 de Março de 1989. Meu irmão, Fabio Luiz Pereira, nasceu em 23 de Junho de 1996. A minha mãe e meu pai e suas famílias eram deMassaranduba, uma cidade no interior da Paraíba.
Minha vida sempre teve altos e baixos, sofri muito quando criança, por zoações onde eu era o principal, e meus colegas sempre me encarnavam.
Agradeço a Deuspela família que eu tenho, pois fomos sempre unidos. 
Religiosamente comecei a ir pra catequese e fiz a primeira comunhão aos 14 anos me converti desde então eu sou Evangélico e toda a minha família éCatólica. Integrava o grupo de adolescentes da Igreja congregacional, onde fiz amigos e conheci muitas pessoas. Participei também do ministério de louvor e da Banda El Shaday, uma Banda formada porAdolescentes, eu tocava violão e louvava a Deus. Eu era membro da Igreja Congregacional em Nova Holanda. Atualmente eu freqüento a Igreja assembléia de Deus ministério Vida Plena.
Com seis anos, porvolta de fevereiro de 1995, comecei a estudar (pré-escolar). A escola em que os meus estudos se iniciaram fora o Jardim e Creche Pinheirinhos, localizado em Bonsucesso, lá eu vivi alguns anos da minhavida, exatamente 3 anos foram os meus estudos no pré-escolar, No ensino fundamental o passei a estudar na escola municipal Clotilde Guimarães Durante 8 anos, e no ensino Médio estudei no Clovis por 2anos e terminando fazendo uma Prova de Supletivo.
De meu primeiro dia de aula no ensino fundamental não me lembro muito bem, mas foi por volta dos 13 dias do mês de fevereiro de 1996. Desses anoslembro apenas de uma professora que hoje já se encontra aposentada, era a Tia Cristina e ainda me recordo com clareza da professora de educação física "Isabel Cristina". 
Uma coisa que sempre me faz...
tracking img