Atps

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3097 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
FACULDADE ANHANGUERA - UNIDERP

ADMINISTRAÇÃO

CIÊNCIAS SOCIAIS

PROFESSOR: CELSO RICARDO DO NASCIMENTO


































ANÁPOLIS-GO,
NOVEMBRO DE 2012



ATPS






CIÊNCIAS SOCIAIS





Ângela Maria Silva RA 3824678158


Josué Nascimento RA 4300064589Grace Maria Morais RA 4346826953


Monitielle Rayane de Lima RA 4336808397




2ª Série








ANÁPOLIS-GO,

NOVEMBRO DE 2012





INTRODUÇÃO

O nosso objetivo de apresentar as principais características dos agentes de socialização é informar como e qual a importância do processo de socialização que acontece nainfância, onde são introduzidos em nosso aprendizado regras, costumes e crenças, do que é considerado e estabelecido pela sociedade como sendo certo ou errado.
Os principais agentes no processo de socialização são: a Família que introduz os primeiros contatos sociais; a escola que proporciona o contato e o convívio com mais pessoas, interagindo assim com mais aspectos estabelecidos dentro da mesmacomunidade; organizações, aonde ele irá se comunicar com os grupos de status que mudam de acordo com a idade e principalmente os meios de comunicações que com a massificação no acesso a informação possui um poder jamais visto, pois nos mostra todos os modelos, atitudes e comportamentos que irão influenciar para o bem ou mal a atitude dos indivíduos dentro da sociedade. Todos esses agentes são defundamental importância para que se forme a personalidade de cada um e como ele irá relacionar.






















SIGNIFICADOS DE CULTURAS, INDIVÍDUO E SOCIEDADE.


Cultura - Para Edward B. Taylor, cultura é aquele todo complexo que inclui o conhecimento, as crenças, a arte, a moral e os costumes e todos os outros hábitos e capacidades adquiridos pelo membroda sociedade. Pode também ser definida como um conjunto de ideias, comportamentos, símbolos e práticas sociais, aprendidos de geração em geração através da vida em sociedade. Considerada ainda, como tudo que o homem, através da sua racionalidade consegue executar.
Indivíduo - Pessoa livre, autônoma, consciente do seu “status’ e do seu “papel”, integra-se naturalmente no corpo social ondebusca realizar-se, consciente dos seus direitos e deveres”.
Sociedade - É o conjunto de seres que convivem de forma organizada constituindo uma comunidade. A palavra vem do latim societas que quer dizer “associação amistosa com outros”.
A vida cotidiana nos diversos segmentos sociais - Cada indivíduo nasce em uma estrutura social e dentro dela encontra outros significados que sãoimpostos. As crianças das classes baixas, por exemplo, absorvem uma perspectiva de classes social baixa a respeito do mundo social. Socialização é mais que aprendizagem cognitiva, mas há situações de emoção. A interiorização só se realiza na medida da identificação, a criança assume os papeis e atitudes e interiorizam como seus. A socialização primária cria na cabeça da criança uma abstraçãoprogressiva dos papeis e atitudes dos outros, especificamente os papeis e atitudes em geral. Na socialização primária é onde se constrói o primeiro mundo do indivíduo.
Logo, devemos entender o mundo como tendo múltiplas realidades, porém, dentro dessas realidades a mais importante é aquela da vida cotidiana e essa é a predominante. Por exemplo, (eu pego um ônibus todos os dias, nesse ônibus vejo asmesmas pessoas, desço do ônibus e paro em uma padaria e sou atendido pelo balconista.) Esses objetos fazem parte da minha realidade, porém, se eu me atrasar essa realidade muda, as pessoas do ônibus não serão as mesmas, o balconista não será o mesmo e etc. Ou seja, diante da minha realidade há uma série de outras realidades que existem independentes da minha. Enquanto estou surfando no litoral, há...
tracking img