Atps direito processual civil 7 semestre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3008 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE CAMPO GRANDE









DIREITO PROCESSUAL CIVIL








Campo Grande – MS
2012










CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE CAMPO GRANDE








DIREITO PROCESSUAL CIVIL





Campo Grande – MS
2012

Etapa:1 – Passo: 1
Relatório Tutelas de Urgência

Inicialmente cabe inserir a forma em que o Código deProcesso Civil traz o processo para que se possa melhor discorrer sobre o tema te tutelas de urgência.
Quando se inicia uma lide, onde se verifica uma crise de interesses, o processo utilizado é o de conhecimento, tendo por fundamento verificar qual parte tem razão e a quem será destinado o que se está postulando.
Posteriormente, onde após ser concedido o título executivo no processo deconhecimento e verificado o inadimplemento do devedor, o processo de execução é iniciado para que o juiz tome medidas satisfativas.
Existem também as tutelas de urgência. Por uns doutrinadores, chamadas desta forma, por outros, chamadas de Processo Cautelar. Ambas com a mesma finalidade, porém, em determinadas modalidades, se modificam os elementos que as pressupõem, o momento de serem concedidas e outrosaspectos que serão analisados no decorrer do relatório.

Conceito de Tutela Cautelar
A tutela cautelar tem como objetivo único, garantir o processo de conhecimento. Garantir no tocante a proteção de que um devedor arque com a obrigação de pagamento avençada em qualquer tipo de obrigação.
A tutela cautelar pode existir em dois momentos distintos. Em um primeiro momento, a cautelar podeser iniciada antes do processo de conhecimento, chamada de cautelar preparatória. Noutro, após iniciado o processo de conhecimento, chamada de cautelar incidental. Ambas com a mesma finalidade, porém, devido a urgência de garantir que determinado ato ou determinada coisa tenha de ser feita, a cautelar é iniciada num ou noutro momento.

Conceito de Tutela Antecipatória
A tutelaantecipada, diferente da cautelar, não tem como finalidade garantir o curso de nenhum processo e sim de dar o provimento que se deseja no processo de conhecimento, antes da sentença final de mérito. Satisfaz antecipadamente o pedido do autor, em caráter provisório.
O provimento dado pelo juiz antes do momento adequado, caso este entenda que a medida antecipatória é cabível, pode ser revogada ou atémesmo modificada a qualquer momento. Vale destacar que o resultado pretendido é alcançado em razão da natureza liminar da decisão, e da sua natureza provisória até a sentença de mérito.

Distinção entre liminar e medidas de urgência
Liminar nada mais é do que a característica da decisão de se dar de forma antecipada, ou melhor, de pronto em relação ao pedido do autor, o que se pede. Não setrata de um tipo de ação ou de processo específico e sim de uma característica intrínseca da própria decisão de acordo com o que foi pedido em caráter de urgência.
Assim, se determinada demanda é iniciada com o pedido de tutela antecipada e o juiz entenda que o pedido tem os requisitos para ser concedida, a sua própria decisão em favor do requerente já possui a liminar, que nada mais é que oacatamento do pedido de se fazer algo antes do momento específico, onde na maioria dos casos há de se esperar até a sentença, correndo o risco de não mais ter a utilidade que teria, se fornecido liminarmente.
De bom alvitre, é de se comentar que trata-se de uma característica geral das liminares, sejam elas de natureza cautelar ou antecipatória, é que são concedidas em caráter provisório e em cogniçãosuperficial, ou seja, decidido com base em um juízo de probabilidade de acordo com a verossimilhança do pedido.

Requisitos da Tutela Cautelar
Para a tutela antecipada, faz-se necessário dois requisitos: o fumus boni júris e o periculum in mora. Ambos os requisitos tem de estarem presentes cumulativamente na razão de pedir.
O fumus boni júris é a fumaça do bom direito, ou seja,...
tracking img