Atividades formativas 1

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1098 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Atividades Formativas 1


1.
a) Segundo a NP 418 (1988) existem três tipos de resumos analíticos, são eles: informativo, indicativo e informativo-indicativo. Relativamente ao resumo informativo, este é uma apresentação abreviada do documento na qual deve conter todas as informações quantitativas e qualitativas apresentadas no mesmo. Destina-se sobretudo a documentos de caráterexperimental ou que digam respeito apenas a uma temática.
Quanto ao resumo analítico indicativo, como o nome refere indica ou descreve a informação expressa num documento, apresentando os assuntos essenciais e modo como são tratados. Este resumo aplica-se nos textos discursivos ou extensos, como por exemplo em: revisões de conjunto, críticas ou monografias completas.
Por fim, o resumoanalítico informativo-indicativo articula a informação de modo informativo e indicativo, em que os assuntos fundamentais são apresentados de modo informativo e os restantes assuntos de modo indicativo. É utilizado quando a extensão ou o tipo e o estilo do documento o sugere.


b) Existe um conjunto de regras comunas para a elaboração de qualquer resumo analítico que passo a descrever: objetivo,metodologia, resultados e conclusões e informação marginal.


2.
a) Como o título refere, este artigo faz uma breve resenha sobre a evolução das bibliotecas ao longo do tempo. Aborda a organização do conhecimento em bibliotecas destacando os sistemas de classificação e terminológico, comportando uma linguagem artificial com um léxico específico. “Dentro de cada um dos grandes tiposde linguagens documentais referidos, existiu sempre uma diversidade de soluções, com variadas metodologias e características de construção e representação, sejam elas consubstanciadas em catálogos sistemáticos, usando classificações, ou em catálogos alfabéticos”. É focado a evolução dos sistemas de recuperação por assunto desde as classificações Dewey e CDU até aos sistemas pós e pré- coordenados.Uma vez que não existem sistemas de organização do conhecimento válidos e eficazes a nível universal são debatidas várias tendências como a normalização e compatibilidade, os fundamentos teóricos e interdisciplinaridade e sobretudo a tecnologia de informação e novas áreas do conhecimento que são consideradas um grande complemento à organização de conhecimento.


b) Biblioteca;conhecimento; organização; sistema de classificação; sistema terminológico; linguagem documental; catálogos sistemáticos; catálogos alfabéticos; sistemas de recuperação por assuntos; classificação Dewey; CDU; sistema alfabético; sistema pós-coordenado; sistema pré-coordenado; tesauros; normalização; interdisciplinaridade; tecnologias da informação; operadores booleanos; URIS; ROADS; internet.




3.a) Segundo a NP 4285-3 (2000), catálogo de assuntos (4.1.1.5-05) é um catálogo na qual as referências se encontram ordenadas, alfabética ou sistematicamente, por assuntos. P. 16


b) Segundo a NP 4285-3 (2000), análise de conteúdos (4.1.2.1-02) é a operação destinada a extrair os dados que caraterizam o conteúdo de um documento, de forma concisa e precisa. P.17


c) Segundoa NP 4285-3 (2000), resumo analítico (4.1.2.1-04) é uma representação do conteúdo de um documento de forma abreviada, sem interpretação ou crítica. P.17


d) Segundo a NP 4285-3 (2000), indexação (4.1.2.1-03) é a operação destinada a representar os resultados da análise de um documento ou de parte do mesmo, pelos elementos de uma linguagem documental ou natural, tendo como finalidadefacilitar a pesquisa ou a recuperação. P.17
De acordo com a NP 3715 (1989), Indexação (3.8) é a ação que descreve ou carateriza um documento quanto ao seu conteúdo, representando o referido conteúdo numa linguagem documental. P.4


e) De acordo com a NP 3715 (1989), termo de indexação (3.4) é a representação de um conceito sob a forma de um termo derivado da linguagem natural,...
tracking img