Aterramento de maquinas de oficinas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5350 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade de Brasília – Unb [pic]
Faculdade de Tecnologia – FT
Departamento de Engenharia Elétrica – ENE
Eletricidade











Aterramento de Máquinas de Oficinas













Alunos: Gustavo Oliveira Cavalcanti matrícula: 05/18883
Kaio Lins Teotônio matrícula: 06/88215







Sumário

1 – Introdução pág. 3
2 –Normas Regulamentadoras pág. 5
3 – Critérios para Aterramento pág. 11
4 - Dados de campo-cumprimento de normas pág. 13
5 – Conclusão pág. 31
6 – Referências Bibliográficas pág. 32
































1- Introdução

O aterramento elétrico é um sistema de proteção indispensável em uma oficina mecânica onde serão encontradosvários equipamentos que utilizam energia elétrica, como torno, fresa, furadeira entre outros.
As três funções principais do aterramento elétricos são:


i. Proteger o usuário de descargas atmosféricas, através da viabilização de um caminho até a terra para as cargas elétricas.
ii. Permitir um caminho para a terra de cargas estáticas acumuladas nas carcaças das máquinas ouequipamentos.
iii. Facilitar o funcionamento de dispositivos de proteção como fusíveis, disjuntores e etc.


A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) possui uma norma que rege o campo de instalações elétricas em baixa tensão. Os três sistemas da NBR 5410 mais utilizados na indústria ou ligações comerciais são:


i. Sistema TN-S
ii. Sistema TN-C
iii.Sistema TT


No Sistema TN-S o neutro é aterrado logo na entrada, e levado até a carga. Paralelamente, outro condutor identificado como PE é utilizado como fio terra, e é conectado à carcaça (massa) do equipamento. Abaixo uma ilustração deste sistema.


[pic]
Figura – Esquema de Aterramento TN-S

No Sistema TN-C o fio terra e o neutro são constituídos pelo mesmocondutor. Dessa vez, sua identificação é PEN (e não PE, como o anterior). Podemos notar pela figura ilustrativa abaixo que, após o neutro ser aterrado na entrada, ele próprio é ligado ao neutro e à massa do equipamento.

[pic]
Figura – Esquema de Aterramento TN-C

O Sistema TT é o mais eficiente de todos, na ilustração abaixo vemos que o neutro é aterrado logo naentrada e segue (como neutro) até a carga (equipamento). A massa do equipamento é aterrada com uma haste própria, independente da haste de aterramento do neutro.

[pic]
Figura – Esquema de Aterramento TT

O fabricante da máquina ou equipamento geralmente especifica qual sistema é o mais adequado, no entanto quando não é especificado deve ser usado em regra geral, oSistema TT deve ter a preferência sempre que possível, quando não é possível por razões operacionais ou estruturais deve se optar pelo Sistema TN-S e por último e somente quando não for possível nenhum dos dois sistemas anteriores deve optar pelo Sistema TN-C.











2- Normas Regulamentadoras

Temos hoje no Brasil normas regulamentadoras (NR’s) que regem o projeto, execução,manutenção entre outras práticas do maquinário de oficinas mecânicas. As normas aplicáveis para o aterramento de máquinas de oficinas são:

• NR 10 – Instalações e serviços de eletricidade;
• NR 12 – Máquinas e equipamentos e
• NBR 5410 – Instalações elétricas de baixa tensão

Cada uma destas normas abrange um assunto maior que simplesmente o aterramento de oficinasmecânicas, como o próprio nome dá a entender. A seguir será exposto o item de cada norma que trata de aterramento e será feito um comentário de cada.

NR 10 – Instalações e serviços de eletricidade

A norma NR 10 trata de forma geral sobre instalações elétricas e equipamentos que utilizam eletricidade, portanto, afeta diretamente as oficinas que tem sempre uma grande demanda de energia elétrica...
tracking img