Assitencia de enfermagem domiciliar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 38 (9385 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Associação Brasileira de Enfermagem ABEn Nacional SGAN, Conjunto “B”. CEP: 70830-030 - Brasília, DF Tel (61) 3226-0653 E-mail: aben@nacional.org.br http://w.abennacional.org.br

Artmed/Panamericana Editora Ltda. Avenida Jerônimo de Ornelas, 670. Bairro Santana 90040-340 – Porto Alegre, RS – Brasil Fone (51) 3025-2550 – Fax (51) 3025-2555 E-mail: info@sescad.com.br consultas@sescad.com.brhttp://w.sescad.com.br

Os autores têm realizado todos os esforços para localizar e indicar os detentores dos direitos de autor das fontes do material utilizado. No entanto, se alguma omissão ocorreu, terão a maior satisfação de na primeira oportunidade reparar as falhas ocorridas.

As ciências da saúde estão em permanente atualização. À medida que as novas pesquisas e a experiência ampliam nossoconhecimento, modificações são necessárias nas modalidades terapêuticas e nos tratamentos farmacológicos. Os autores desta obra verificaram toda a informação com fontes confiáveis para assegurar-se de que esta é completa e de acordo com os padrões aceitos no momento da publicação. No entanto, em vista da possibilidade de um erro humano ou de mudanças nas ciências da saúde, nem os autores, nem aeditora ou qualquer outra pessoa envolvida na preparação da publicação deste trabalho garantem que a totalidade da informação aqui contida seja exata ou completa e não se responsabilizam por erros ou omissões ou por resultados obtidos do uso da informação. Aconselha-se aos leitores confirmá-la com outras fontes. Por exemplo, e em particular, recomenda-se aos leitores revisar o prospecto de cadafármaco que lanejam administrar para certificar-se de que a informação contida neste livro seja correta e não tenha produzido mudanças nas doses sugeridas ou nas contra-indicações da sua administração. Esta recomendação tem especial importância em relação a fármacos novos ou de pouco uso.

PROENF SESCAD
85 ENFERMAGEM DOMICILIAR

Maria Ribeiro Lacerda é doutora em Filosofia da Enfermagem,professora-adjunta da Universidade Federal do Paraná (UFPR) na Graduação e no Mestrado e Vice-coordenadora do Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão do Cuidado Humano e de Enfermagem (NEPECHE).

A enfermagem domiciliar é uma atividade especializada, conforme resolução 290/20041 do Conselho Federal de Enfermagem,2 e é aceita em vários países no mundo, inclusive no Brasil.


Por ser considerada umaespecialidade e uma prática avançada, exige conhecimento científicotecnológico, competência e profissionalismo, pois é um exercício profissional complexo e subjetivo e requer profissionais com formação e apropriação de modelos de expertise clínica.3

O cuidado domiciliar é realizado pela enfermeira e pela equipe de enfermagem domiciliar e está inserido na atenção à saúde domiciliar que, por sua vez,faz parte do continuum da assistência à saúde prestada pelo sistema de saúde no Brasil.

A enfermagem domiciliar é uma prática que exige do profissional responsabilidade, flexibilidade e autonomia no desempenho de seu trabalho. É uma atividade que envolve tomada de decisões baseadas na expertise fornecida por sua vivência e está fundamentada em um corpo de conhecimentos com um referencialconceitual sólido na especificidade do contexto domiciliar.

A enfermagem domiciliar exige também habilidades e atitudes profissionais da enfermeira, o que a possibilita alcançar resolubilidade dos problemas apresentados pelos pacientes e pelos familiares.

No atendimento domiciliar à saúde, há uma ação individual da enfermeira com o paciente e com a família, em uma correlação, surgindo um espaço deliberdade, de criatividade, de complementaridade e de poder. Essa prática é independente e autônoma, em que a enfermeira recorre a seus próprios meios: independência intelectual baseada no conhecimento pessoal e no conhecimento empírico e responsabilidade legal e moral de seu exercício profissional.


Para atuar no domicílio, a enfermeira precisa apropriar-se de:

Além disso, precisa ter...
tracking img