Assistente social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7708 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Secretaria de Estado da Administração

Nível Superior
Analista Técnico em Gestão Pública IV

S2
Confira o número que você obteve no ato da inscrição com o que está indicado no cartão-resposta.

Assistente Social

Dia: 22 de janeiro de 2006 • Horário: das 14 h às 18 h Duração: 4 (quatro) horas, incluído o tempo para o preenchimento do cartão-resposta.

Instruções
Para fazer a provavocê usará:  este caderno de prova com 17 páginas;  um cartão-resposta que contém o seu nome, número de inscrição e espaço para assinatura. Verifique, no caderno de prova: a) se faltam folhas, se a seqüência de questões, no total de 50 (cinquenta), está correta; b) se há imperfeições gráficas que possam causar dúvidas. Comunique imediatamente ao fiscal qualquer irregularidade.  Não é permitidoqualquer tipo de consulta durante a realização da prova.  Para cada questão são apresentadas 5 (cinco) alternativas diferentes de respostas (a, b, c, d, e). Apenas uma delas constitui a resposta correta em relação ao enunciado da questão.  A interpretação das questões é parte integrante da prova, não sendo permitidas perguntas aos fiscais.  Não destaque folhas da prova.

Ao terminar a prova, entregueao fiscal o caderno de prova completo e o cartão-resposta devidamente preenchido e assinado. O gabarito da prova será divulgado no dia 22 de janeiro de 2006, até 4 (quatro) horas após a constatação do efetivo encerramento da sua realização, nos sites:  http://www.fepese.ufsc.br/sea  http://www.sea.sc.gov.br

FEPESE • Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos

Página 1

AnalistaTécnico em Gestão Pública IV

Nível superior

Conhecimentos Gerais
Língua Portuguesa
Texto 1 Até recentemente, essa idéia seria tida como ficção científica. Mas pesquisas comprovam que o exercício físico é capaz de estimular, de fato, a produção de neurônios, as células do cérebro. Durante um século teve-se como certo que as pessoas nasciam com um número determinado de neurônios e que ao longo davida esse número só decrescia – afinal, eles iam morrendo pouco a pouco, por causa de stress, consumo de álcool, drogas ou doenças como Alzheimer. Essa idéia mudou depois de pesquisas como as feitas no Laboratório de Genética do Salk Institute, na Califórnia. Ao colocar camundongos em um ambiente “rico” – com vários brinquedos e possibilidades de interação social e atividade física –, cientistasdescobriram que havia a produção de novos neurônios no hipocampo, região onde se processam a memória e o aprendizado.
Receitas para a inteligência. Época, 31 out. 2005.

(20 questões)
1. De acordo com o Texto 1, assinale a alternativa correta. a. ( ) A possibilidade de se estimular a produção de neurônios é parte da ficção científica atual. b. ( ) A idéia a que se refere a primeira oração do textodiz respeito ao fato de que já existe comprovação de que a produção de neurônios pode ser estimulada por exercício físico. c. ( ) O exercício físico é capaz de estimular a produção de neurônios e de células do cérebro. d. ( ) Durante um século acreditou-se que, no transcorrer da vida, a pessoa tivesse o número de neurônios aumentado se praticasse exercícios físicos. e. ( ) A memória e oaprendizado se processam em um ambiente “rico”.

(5 questões)

2. Assinale a alternativa que completa corretamente os espaços. No Texto 1, as expressões de fato e pouco a pouco

Texto 2 Ora, as cartas só podem ir aonde as levam, não têm pernas nem asas, e, tanto quanto se sabe, não foram dotadas de iniciativa própria, tivessem-na elas e apostamos que se recusariam a levar as notícias terríveis de quetantas vezes têm de ser portadoras. Como esta minha, admitiu a morte com imparcialidade, informar alguém de que vai morrer numa data precisa é a pior das notícias...
SARAMAGO, José. As intermitências da morte. São Paulo: Companhia das Letras, 2005, p. 136.

podem ser substituídas por ____________________ e ____________________, respectivamente, sem que haja modificação de sentido: a. b. c....
tracking img