Aspectos relevantes da teoria de freud

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3217 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
Centro de Educação à Distância
Polo de Apoio Presencial de Manaus - AM
Curso de Licenciatura em Pedagogia
Psicologia da Aprendizagem












RELATÓRIO FINAL DE PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM







PROFA. HELENROSE APARECIDA SILVA PEDROSO COELHO












MANAUS - AM
2012RELATÓRIO FINAL DE PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM




Relatório apresentado à Universidade Anhanguera – Uniderp como requisito para obtenção de nota final na disciplina de Psicologia da Aprendizagem sob a orientação da Profa. Conteudista Helenrose Aparecida Silva Pedroso Coelho.























MANAUS - AM
2012

ETAPA 1 - Trêsaspectos relevantes da teoria de Freud para se pensar a aplicação da psicologia na educação


  Sigmund Freud foi um médico neurologista judeu-austríaco, fundador da psicanálise. Freud nasceu em Freiburg, na época pertencente ao Império Austríaco, na República Tcheca. Freud iniciou seus estudos pela utilização da hipnose como método de tratamento para pacientes com histeria. Ao observar amelhoria de pacientes, elaborou a hipótese de que a causa da doença era psicológica, não orgânica. Essa hipótese serviu de base para seus outros conceitos, como o do inconsciente. Freud também é conhecido por suas teorias dos mecanismos de defesa, repressão psicológica e por criar a utilização clínica da psicanálise como tratamento da psicopatologia, através do diálogo entre o paciente e o psicanalista.Freud acreditava que o desejo sexual era a energia motivacional primária da vida humana, assim como suas técnicas terapêuticas. Ele abandonou o uso de hipnose em pacientes com histeria, em favor da interpretação de sonhos e da livre associação, como fontes dos desejos do inconsciente. Suas teorias e seu tratamento com seus pacientes foram controversos na Viena do século XIX, e continuam a sermuito debatidos hoje.
A psicologia psicanalítica, ou metapsicologia, como Freud a chamava, é a construção teórica compreendida para descrever e explicar o funcionamento psíquico nas formações do inconsciente, cuja análise mostrava de modo sistemático o desdobramento da vida mental em dois conjuntos organizados de pensamentos, independentes um do outro, embora referentes à mesma questão. Tendopercebido de imediato que a chave para a compreensão das formações do inconsciente residia em compreender, ou interpretar seu sentido, a construção de teoria Freudiana organiza-se em torno de três questões fundamentais:
• Como um produto psíquico, adquire sentido,
• Que sentido é esse e como, e
• Em que condições, podem ter acesso a consciência.
De maneira geral, pode-se dizer que eleconjuga uma teoria da representação, uma teoria do pensamento e uma teoria da linguagem. Freud considera a tradicional dicotomia entre o lado material, ou do conteúdo ideativo, tradicionalmente identificado como a faceta psicológica e subjetiva do fenômeno mental, e o lado formal, ou do pensar, também por tradição identificado com a faceta lógica e objetiva. Os processos perceptivos fornecem oconteúdo representacional dos processos mentais, e a experiência do sujeito, relativa a esse conteúdo, fornece seu processamento, os chamados ‘processos de pensamentos’.
Dentro da psicologia cognitiva, talvez os primeiro estudos mais influentes que levaram a considerar de modo ser a hipótese de que a mente humana dispõe de representações imagéticas, ou seja, imagens mentais distintas e análogasaos estímulos físicos percebidos. Suas observações indicavam também que essas imagens mentais eram utilizadas para efetuar certas formas de raciocínio. É de todos conhecidos, que a psicanálise como terapia e como teoria foi uma criação de Freud. Ele pôde observar nos seus pacientes neuróticos, por volta dos finais do século XIX, que a maior parte das perturbações emocionais devia-se a existência...
tracking img