Asma

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3211 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. DEFINIÇÃO

A asma, também conhecida como "bronquite asmática" ou como "bronquite alérgica", é uma doença que acomete os pulmões e que se acompanha de uma inflamação crônica dos brônquios. Ocorre em cerca de 10% da população brasileira, sendo mais freqüente nas crianças. Os conhecimentos iniciais sobre a doença eram restritos, mas com os avanços da medicina nas últimas décadas, passou-se aconhecer melhor suas causas, mecanismos envolvidos, surgindo novos medicamentos e tratamentos. No entanto, apesar de todos os progressos, a asma ainda hoje é uma doença problemática e que pode levar à morte. Cada vez mais acredita-se que o médico não pode atuar sozinho, mas é fundamental que o paciente (ou sua família) também possa acompanhar o tratamento, colaborando ativamente e permitindo que seconsiga o controle da doença. O conhecimento da doença é uma das chaves para o sucesso terapêutico: cada paciente apresenta a "sua" asma, ou seja, a crise varia de pessoa para pessoa, podendo mesmo variar num mesmo indivíduo em diferentes fases de sua vida.

2. SINTOMATOLOGIA

Os sintomas principais da asma são: falta de ar, aperto no peito, cansaço, chiados, tosse persistente. A asma temdiferentes maneiras de manifestar-se, desde crises fortes - facilmente reconhecidas - até sintomas leves que podem passar desapercebidos. Em alguns casos, a tosse é o único sintoma. Para reconhecer a asma é preciso aprender a conhecer as diferentes maneiras pela qual ela se manifesta:

Asma Fraca ou Leve

Os sintomas são discretos e esporádicos. A pessoa fica bem, sem sintomas nos intervalos dascrises. Não prejudica o sono, não provoca faltas às aulas e ao trabalho, não atrapalha atividades físicas. A função pulmonar está normal ou próxima dos valores normais.

Asma Moderada ou Média

Os sintoma são mais significativos, a pessoa apresenta chiados, cansa-se mais facilmente, tem tosse. Existe prejuízo do descanso, com aparecimento de sintomas durante a noite. A asma interfere nasatividades diárias, prejudicando o estudo, o trabalho e atividades esportivas. A função pulmonar já se encontra alterada, em intensidade variável, mesmo nos momentos fora de crises.

Asma Forte ou Grave:

Os sintomas são intensos, freqüentes - em alguns casos até diários. Há um nítido prejuízo do sono e do descanso, interferindo de forma importante no desempenho escolar e profissional. Asatividades físicas estão limitadas. A função pulmonar está bem baixa. A pessoa apresenta um grande reflexo da doença em sua vida. Se você suspeita que tem asma ou que seu filho(a) tem asma, procure o médico especialista: ele pode identificar corretamente a doença.

Classificação

As crises de asma podem ser de diferentes intensidades:

Sintomas iniciais de uma crise (CRISE LEVE):

Sensação deaperto no peito.

Leve cansaço.

Tosse ou chiado quando ri ou aos esforços.

Pigarro insistente.

Olheiras, coceira no nariz, nos olhos.

Pouca alteração na medida do PFE - Pico de Fluxo Expiratório (a medida corresponde a 80% do valor esperado).

Se os sintomas não desaparecem (CRISE MODERADA):

O desconforto respiratório torna-se perceptível.

Surge fadiga e cansaço fácil: respiraçãomais rápida que o usual.

Falta de ar (dispnéia) e chiado.

PFE altera-se: cai entre 50 e 80% do valor normal da pessoa.

Se a crise não cede (CRISE GRAVE):

O desconforto respiratório é intenso: a respiração é difícil, entrecortada e ofegante.

Surgem suores, temperatura baixa, falta de ar intensa.

Dificuldade para falar, caminhar ou alimentar-se.

A tosse é bastante incômoda.Observa-se batimento das asas do nariz, uso da musculatura do pescoço e do peito para respirar.

Lábios e unhas roxas ou azuladas.

O efeito da nebulização ou do spray é curto e os sintomas voltam logo.

A medida do PFE está abaixo da meta de valor normal da pessoa.



3. TIPOS DE ASMA

INTRÍNSECA OU ATÓPICA

Poluição Extradomiciliar : é definida como acúmulo atmosférico de...
tracking img