Asfalto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1168 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Asfalto



Ensaios



.1-Ensaio de determinação do ponto de fulgor e de combustão em vaso aberto Cleveland

NBR 11341 – Produto de petróleo – Determinação dos pontos de fulgor e de combustão em vaso aberto Cleveland.

Este ensaio tem como objetivo a determinação do ponto de fulgor do cimento asfáltico de petróleo (CAP), sendo que o ponto de fulgor, ou ponto de inflamação, é a menortemperatura na qual um combustível libera vapor em quantidade suficiente para formar uma mistura inflamável por uma fonte externa de calor.

– Aparelhagem
A aparelhagem utilizada foi:
• Vaso aberto Cleveland, que possui as seguintes partes:
a) Cuba de ensaio;
b) Placa de aquecimento;
c) Dispositivo para aplicação da chama-piloto;
d) Fonte de aquecimento;
e) Suportes;

•Termômetro.

Figura 1 - Representação da aparelhagem do ensaio de determinação do ponto de fulgor.



– Material
O material utilizado foi o cimento asfáltico de petróleo disponível no laboratório.

– Procedimento
• Encher a cuba de tal modo que a superfície livre da amostra fique exatamente na marca do nível da cuba. Remover qualquer excesso de amostra adicionado por meio de umapipeta ou dispositivo conveniente.;

•Acender a chama-piloto. Aquecer a amostra de tal modo que, inicialmente, o aumento de temperatura seja de 14 ºC a 17 ºC por minuto. Quando a temperatura da amostra se aproximar-se de 56 ºC abaixo do ponto de fulgor esperado, diminuir a velocidade de aquecimento, de modo que o aumento da temperatura nos 28 ºC finais seja de 5 ºC a 6 ºC por minuto;•Começar, pelo menos, a 28 ºC abaixo do provável ponto de fulgor e aplicar a chama-piloto de 2 ºC em 2 ºC, passando pelo centro da cuba em movimento circular horizontal a não mais que 2 mm acima do plano da borda superior da cuba. O movimento da chama deve ser primeiro em um sentido e, na leitura seguinte, no sentido oposto. O tempo de passagem da chama sobre a cuba deve ser de cerca de 1s;•Anotar a temperatura lida como ponto de fulgor, quando aparecer o lampejo em qualquer ponto da superfície da amostra, mas não confundir o verdadeiro ponto de fulgor com um halo azulado que muitas vezes envolve a chama-piloto;

•Para determinar o ponto de combustão, prosseguir o aquecimento da amostra de modo que a elevação de temperatura seja de 5°C a 6°C por minuto. Continuar a aplicação dachama-piloto, a intervalos de leitura de 2°C, até que a amostra inflamada pela chama-piloto permaneça queimando durante 5s pelo menos. Anotar essa temperatura como ponto de combustão.




.2– Ensaio de determinação da densidade aparente do corpo de prova betuminoso


O ensaio em questão trata da determinação da densidade aparente de um corpo de prova de mistura asfáltico disponível nolaboratório.

– Aparelhagem
A aparelhagem utilizada foi:
•Balança comum;
•Balança hidrostática.

– Procedimento
O procedimento foi o seguinte:
•Pesa-se o corpo de prova ao ar (Par) utilizando a balança comum;
•Pesa-se o corpo imerso na água (Pag) utilizando a balança hidrostática.

A densidade aparente é dada pela relação:

Dap= Par
(Par – Pag)


– Ensaiode extração de ligante

O ensaio de extração de ligante tem como objetivo a determinação da quantidade de ligante de uma amostra de pavimento asfáltico coletada pelo grupo relatante.

– Aparelhagem
A aparelhagem utilizada foi:
• Estufa;
•Balança;
•Tacho de metal;
•Fundo de peneira;
•Espátula;
•Extrator de betume;
•Tricloroetileno (solvente);
•Erlenmeyer;– Procedimento e resultado
•Após coleta da amostra na obra, ela é levada até o laboratório, onde é colocada na estufa, para amolecimento, permanecendo por aproximadamente 2 horas;

•Em seguida, a amostra é pesada;
•Após a pesagem, a amostra é conduzida ao extrator de betume.
•Com a amostra no extrator de betume, é adicionados 150 ml do solvente tricloroetileno e mistura-se o...
tracking img