Asfalto borracha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2866 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
uNIVERSIDADE DE UBERABA
5120772 andré luiz maia
5120640 andré luiz silva
5120478 guilherme simões da costa
5120207 kellce rodrigues silva
5120196 rivanildo josé delfino silva










Reaproveitamento de Pneus inservíveis na fabricação de asfalto






















UBERLÂNDIA – MG
2011

5120772 andré luiz maia
5120640 andré luiz silva
5120478guilherme simões da costa
5120207 kellce rodrigues silva
5120196 rivanildo josé delfino silva











Reaproveitamento de Pneus inservíveis na fabricação de asfalto


Pré-projeto apresentado à Universidade de Uberaba, como parte das exigências à conclusão das disciplinas de Introdução à Engenharia, Comunicação Oral e Escrita, e Metodologia doTrabalho Científico, do 1° período dos cursos de Engenharia.


Orientadores: Cristiane Naves
Maria Cristina França
Edimilson Campos













UBERLÂNDIA – MG
2011
SUMÁRIO


1 INTRODUÇÃO 3
1.1OBJETIVOS 4
1.1.1Objetivo Geral 41.1.2ObjetivosEspecíficos 4
1.2JUSTIFICATIVA 4
1.3FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA (revisão bibliográfica) 5
1.4METOLOGIA 15
1.5CONCLUSÃO 16
REFERÊNCIAS 17





INTRODUÇÃO

Até poucos anos atrás, era comum pessoas se depararem com uma enorme quantidade de pneus jogados nas ruas, ou amontoados em lixos e até mesmo em encostas de rios e córregos. Hoje, infelizmente, em muitas localidades no Brasilisso ainda é visível, mas em uma menor escala. Assim, esse material descartado, inadequadamente, acabou provocando muitos problemas ambientais, uma vez que um pneu demora cerca de 600 anos para degradar-se, e quando queimado, libera uma grande quantidade de CO2. Além disso, gera também problemas de saúde publica, em decorrência de esses pneus virarem lugar de criadouro de mosquitos nocivos àsaúde.
A fim de dar uma destinação final ambientalmente adequada aos pneus inservíveis, como diz a Resolução nº 416/2009 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), as empresas produtoras e importadoras de pneus estudam diferentes formas de aproveitar esse material que chega a ser um dos principais problemas ambientais da atualidade. Vale dizer, que a partir da entrada em vigor desta resolução,os fabricantes e importadores de pneus ficam obrigados a dar destinação adequada a um pneu inservível, para cada pneu novo comercializado para o mercado de reposição, como estabelece o artigo 3º.
Vale ressaltar que, no Brasil, o transporte predominante é o rodoviário, e a cada ano a frota de veículos aumenta substancialmente, visto que a economia brasileira vem se aquecendo muito nos últimosanos. Em virtude disso, a ideia de dar uma destinação ambientalmente correta a todos esses pneus se torna um grande desafio. E a utilização do “asfalto borracha”, que foi criado na década de 60 por Charles McDonald, é uma solução altamente viável, haja vista que são utilizadas grandes quantidades de pneus inservíveis na fabricação deste asfalto, além de uma grande melhora na qualidade em todos osaspectos.




1.1 OBJETIVOS
1. OBJETIVO GERAL

O objetivo desse trabalho é apresentar o estudo da viabilidade na utilização de pneus inservíveis como matéria prima na fabricação do asfalto, evidenciando suas vantagens na redução do alto impacto ambiental e no aumento da qualidade do asfalto.

2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

• Comprovar o impacto ambiental de pneus usados, quandoestes são descartados de maneira inadequada.
• Demonstrar a eficiência do “asfalto borracha” em relação ao asfalto convencional.
• Demonstrar uma relação custo-benefício do “asfalto borracha”.


1 JUSTIFICATIVA


A pesquisa surgiu da necessidade de minimizar o impacto no meio ambiente provocado pelo descarte de pneus usados. Portanto, esta pesquisa se justifica na medida em...
tracking img