As pupilas do senhor reitor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2134 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE SÃO MIGUEL

AS PUPILAS DO SENHOR REITOR

Carla
Eliane
Fabiana Costa
Gabriela
Herbert
Wesley

Recife, 18 de maio de 2011

Introdução

Entre os séculos XVIII e XIX surge o movimento estético denominado Romantismo. Em Portugal, o Romantismo teve inicio com o poema Camões, de Almeida Garret, publicado em 1825. Entre os representantes desse movimento em Portugal, podemoscitar o próprio Almeida Garret, Alexandre Herculano, Camilo Castelo Branco, João de Deus, Julio Dinis, entre outros.
O Romantismo em Portugal é dividido em três gerações. Trataremos em nosso trabalho apenas da terceira, tendo como objetivo a análise da obra de Julio Dinis, As Pupilas do Senhor Reitor. Apontaremos os traços românticos, árcades e realistas presentes na obra, bem como a influência doestilo do autor para composição do livro.

Temática
Embora As Pupilas do Senhor Reitor seja uma obra tipicamente romântica, ela também apresenta traços árcades e, por ser uma obra transitória entre romantismo e realismo, traz consigo também algumas características realistas. O romance gira em torno da “fugere urbem” (da fuga da cidade), assim, ela é passada em contexto rural, valorizando avida simples do campo. Julio Dinis defende que a verdadeira felicidade advêm da vida simples do campo. O escritor passou parte de sua vida no campo devido a problemas de saúde causados pela tuberculose, por isso ele conhece tão bem o campo, as pessoas que lá vivem, os hábitos e prega em suas obras a moralização dos costumes pela vida rural. Essa vida simples que se faz presente nas obras de JulioDinis, se fez também presente nos textos árcades. Ao narrar a descoberta dos namorados Daniel e Margarida pelo reitor, o narrador faz uma breve descrição do ambiente em que eles encontravam-se, nesta descrição do ambiente campestre podemos observar os traços árcades:
“(...) apesar de toda a sua beleza artística, realçada pelas meias tintas do crepúsculo e por o fundo alaranjado do céu, sobre quese desenhavam os rendados das árvores ao longe (...)” (pag. 15)

Além dessa temática o autor também introduz em sua obra traços pessoais que estão diretamente ligados ao movimento literário que surgiria logo após o fim do romantismo.
“[...] O vento assobiava nas inúmeras fendas da porta da cozinha e entrava em correntes impetuosas pelo tubo da chaminé, indo inteiriçar os membros regelados dadesditosa criança, que, só a custo, podia já suster a roca e torcer o fio, para terminar o trabalho.” (pag. 50)
Falando sobre as características pessoais do autor, Massaud Moisés (1960) afirma: “[...] revela-se Julio Dinis um ficcionista essencialmente preocupado cm o que vê, antes do que com o que imagina.”
Embora não fosse um escritor realista, Julio já apresentava aspectos que estavam afrente de seu tempo, caracterizando sua obra como um romance pré-realista.
Foco Narrativo
Escrita inicialmente em forma de folhetim, a obra é marcada pela condução da leitura pelo narrador, que narra a história de forma descontínua, tal é feito nas novelas, assim, o leitor é estimulado a ler o próximo capítulo.
O fato de a história ser contada em terceira pessoa pode indicar que o narrador nãose confunde com os personagens, conhecendo-os de forma absoluta e onisciente.
“José das Dornas era um lavrador abastado, sadio e de uma tão feliz disposição de gênio, que tudo o levava a rir; mas desse rir natural, sincero, despreocupado, que lhe fazia bem [...].” (pag. 17)
Podemos observar com esse trecho da obra as características já mencionadas. O narrador conta a história em terceirapessoa e conhece seus personagens de forma absoluta, ou seja, ele conhece tanto os aspectos físicos dos personagens, quanto os aspectos psicológicos.
Tempo/ Espaço
O tempo narrativo trata-se de alguns anos, que vão da infância de Daniel, passam pelo período em que estuda medicina no Porto, seu regresso e a introdução em um tempo narrativo mais acelerado das principais ações da obra como as...
tracking img