Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1644 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 ROBÔ INDUSTRIAL ( COM ENFASE EM FABRICAS AUTOMOTIVAS)




1Ícaro Batista
1Bruno Yoshikawa
2Profº Elias - Orientador(a)
2Profº Walter - Orientador(a)

1Tecnologia em Mecatrônica Industrial – 1º Semestre
2Depto de Engenharia



Resumo

A robótica industrial vem tomando conta das fabricas de grande, médio e ate pequeno porte, nos estados unidos, Europa e Japão e isso acontece pelofato de suas funcionalidades dentro dessas empresas.

Unimates foi o primeiro robô industrial criado por Devol em 1954, logo apos começaram a surgir outros fabricantes e assim a popularização dos robôs e os implantando em fabricas automotivas.






Palavras-chave: Robô industrial, automóvel, fabrica.



Introdução


“Um robô industrial é definido como um manipulador programávelem três ou mais eixos, controlado automaticamente, reprogramável e multifuncional”. (Fonte: ISO)
O presente estudo tem como enfoque principal os robôs industriais com ênfase em fábricas automobilísticas, ou seja, todo processo desde a montagem dos motores, passando pela soldagem das peças, pintura, testes de qualidade e finalmente auxiliando na montagem de todo e quaisquer automóveis que vemosnas ruas.
A população mundial de robôs vem crescendo cada vez mais. Nos estados unidos e Europa existem aproximadamente 93 maquinas para cada dez mil trabalhadores. Nas empresas automobilísticas esse numero cresce acentuadamente e chega a atingir um numero de 740. O ocidente ainda perde feio para o Japão, empregando mais ou menos 1500 para o mesmo grupo de dez mil trabalhadores. Esse número comobem sabe não param por ai, conforme o tempo passa mais nos surpreendemos com novas tecnologias aumentado à funcionalidade, qualidade e a velocidade de processos.
A ascensão desses robôs nas indústrias é devido ao fato de sua funcionalidade que supera um trabalhador em alguns detalhes como precisão e eficiência, no entanto todo e qualquer robô tem alguém que o faz tão preciso e eficiente como deveser, garantindo assim o espaço, não só dos robôs, mas também do trabalhador, nas indústrias hoje em dia.

[pic]
Robôs de soldagem KUKA ARC KR 5 ARC






















1. Historia da Robótica Industrial
O primeiro robô industrial foi o unimates, desenvolvido por George Devol e Joe Engleberger, no final da décadade 50, início da década de 60. As primeiras patentes de máquinas transportadoras pertenceram a Devol, robôs primitivos que deslocavam objetos de um local pro outro. No ano seguinte foi instalado na Ford. 1968 – Um robô móvel desenvolvido em Stanford Research Institute: “Shakey”. Câmara de vídeo e sensores de contato. 1971 – O braço de Stanford desenvolvido pela Universidade de Stanford com atuaçãoeléctrica. 1973 – Primeira linguagem de programação de robôs: WAVE seguida em 1974 pela linguagem AL. As duas deram lugar mais tarde ao aparecimento da VAL, linguagem comercial da Unimation 1978 – PUMA introduzido pela Unimation 1979 – SCARA desenvolvido na Universidade de Yamanashi com introdução comercial em 1981. 1981 – Robô com atuação direta (“direct drive”) desenvolvido na CMU 1983 –Projeto para uma linha flexível de montagem automatizada com o uso de robôs. 1997 – A Honda anuncia o primeiro robô humanoide que sobe escadas.


[pic]
Robô UNIMATES


1. Montagem de um automóvel
O processo de montagem de um automóvel é quase todo automatizado e o que não é recebe o auxilio da robótica para ser executado.
A linha de montagem de um carro pode ser dividida emtrês etapas principais: o corte das chapas de aço que formam o "esqueleto" do automóvel, a pintura da carcaça e o encaixe dos componentes elétricos e mecânicos.
[pic]
Fabrica Ford


A montagem automatizada nas linhas de produção aumenta a capacidade de fabricação de peças e padroniza os produtos.
A montagem automatizada refere-se a uma forma de produção de bens com uso de...
tracking img