Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1890 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DIÁRIO DE UMA VIDA:
prevenindo o isolamento social











Autoria: SILVETE NUNES DA SILVA (CRESS 3930/Pr.), formada em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC/Pr. em 1997, Assistente Social da Fundação de Ação Social do Município de Curitiba – FAS, servidora pertencente à Regional Portão – CRAS Guaíra, residente e domiciliada nesta, sito Avenida daRepública nº 6620, aptº 22, bloco 02, Bairro Guaíra, telefones para contato (41) 9929-5998 ou 3229-9672, e-mail: silvete2@hotmail.com








RESUMO
A prática aqui relatada foi desenvolvida no CRAS Guaíra, equipamento que operacionaliza a Política de Assistência Social no âmbito de abrangência do Núcleo Regional Portão, sob o gerenciamento da Fundação de Ação Social. Esta experiênciaobjetivou refletir sobre a afetividade, a cultura, a educação a mudança de hábitos e atitudes na vida cotidiana do idoso, substituindo a inatividade pela atividade, o isolamento pela convivência, o ócio pelo lazer. Favoreceu o contato interpessoal, sendo desenvolvida a sociabilidade e a criatividade, a autoestima e a quebra do isolamento do idoso. Percebendo tal resultado, viu-se a necessidade deregistrar a experiência, para que não se perca no tempo ou na memória.
Palavras chaves: idoso, prevenção, isolamento, contato interpessoal.


1. INTRODUÇÃO

Sabe-se que o envelhecimento populacional é um fenômeno mundial, que vem adquirindo características peculiares no Brasil, dada a velocidade com que se instala. É um fenômeno interessante, que rompe com a imagem de que formávamos um paísjovem, com população jovem, e que o problema do envelhecimento era assunto dos países desenvolvidos, considerados de primeiro mundo. Entretanto, os dados vêm nos mostrar que não é essa a realidade que se instalou no país.
Segundo os padrões estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil, hoje, já pode ser considerado um país estruturalmente envelhecido. O Instituto Brasileiro deGeografia e Estatística (IBGE), afirma que, em 2030 o Brasil terá a sexta população mundial de idosos em números absolutos. No Brasil, segundo o IBGE, havia cerca de sete milhões de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos em 1980 e estima-se para o ano 2025 que essa população atingirá, aproximadamente, 34 milhões de idosos no Brasil.
A psicologia da anciedade entende que o envelhecimento nãosignifica uma decadência e sim uma seqüência da vida, com suas peculiaridades e características. Ora, sabemos que a fonte da juventude é uma utopia e, certamente, as pessoas que perseguem tal ideal sofrem de muitas angústias, pois, recusam-se a encarar a realidade afinal, ninguém é tão velho que não acredite poder viver ao menos mais algum tempo. Deve-se pensar, portanto, em envelhecer com qualidadee evitarmos, assim, as contínuas mortes de direitos e deveres do cotidiano (Almeida, 2008).
Assim sendo, os idosos têm a necessidade e o direito de sentir-se bem e importantes no meio em que vivem e, cabe à sociedade e às políticas públicas procurar mantê-lo com o máximo da capacidade funcional e independência física e mental, na tentativa de evitar ou minimizar as limitações próprias dessa fasede desenvolvimento. Deve-se, portanto, favorecer a autonomia dos idosos, no limite máximo de suas possibilidades, independente do grau de dificuldades particulares que possam apresentar.
Velhice não deve ser confundida com doença, a saúde e o bem-estar do idoso estão relacionados intimamente à autonomia e independência que o mesmo possui. Ressalta-se que as transformações ocorridas com a velhice,demandam cuidados de ordem biopsicossocial e não apenas físico, para a manutenção da qualidade de vida e a instalação de doenças.
Os estudos científicos que se ocupam desta temática caminham em busca de um trabalho preventivo em relação aos idosos visando, principalmente, prepará-los para um melhor enfrentamento deste período. É fundamental que se perceba que o envelhecimento não é somente um...
tracking img