Artigo odontologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9528 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
MANUAL DE BIOSSEGURANÇA DO CURSO DE ODONTOLOGIA

Prof.ª Laurylene César de Souza Vasconcelos

1
2

Prof..Giuseppe Anacleto Scarano Pereira

2

Prof. Dejanildo Jorge Veloso
Laís César de Vasconcelos

3

1

Professor Adjunto do Depto. de Clínica e Odontologia Social (DCOS)/CCS/UFPB
Professor Associado do Depto. deClínica e Odontologia Social (DCOS)/CCS/UFPB
3
Cirurgiã Dentista – João Pessoa -PB
2

A biossegurança em Odontologia compreende o conjunto de medidas empregadas com a
finalidade de proteger a equipe e os pacientes em ambiente clínico. Essas medidas preventivas
abrangem práticas ergonômicas no desenvolvimento do exercício da profissão, controle dos
riscos físicos e químicos e princípios decontrole da infecção (Costa et al, 2000).
1.- COMISSÃO DE BIOSSEGURANÇA DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UFPB
A Comissão de Biossegurança é um órgão deliberativo, diretamente subordinado a
Coordenação do Curso de Odontologia e devidamente reconhecido pelos Departamentos de
Clínica e Odontologia Social e Odontologia Restauradora, e tem por finalidade planejar,
executar e avaliar os programas debiossegurança para o curso de Odontologia.
Funções da Comissão de Biossegurança:


Definir diretrizes para ações de controle da biossegurança das clínicas e laboratórios;



Avaliar sistematicamente e periodicamente as medidas de controle de biossegurança
propostas;



Comunicar periodicamente as Chefias dos Departamentos, a situação do controle das
normas de biossegurança pelos docentes,discentes e funcionários, durante o
desenvolvimento das atividades clínicas e laboratoriais;



Propor medidas de biossegurança, considerando as características e necessidades da
Instituição;



Elaborar e cooperar na implementação e supervisão da aplicação de normas e rotinas
técnico-administrativas, visando a prevenção e cumprimento das normas de
biossegurança;



Orientarprofessores, alunos e funcionários para o desempenho das tarefas
periculosas;



Advertir os responsáveis pelas clínicas e laboratórios do não cumprimento das normas
de biossegurança.

A Comissão de Biossegurança do Curso de Odontologia procura através de suas ações
promover o desenvolvimento da biossegurança, contribuindo para que os profissionais, alunos,
funcionários e pacientes possamexercer as suas funções e atribuições com o menor risco
ocupacional de contaminação e infecção cruzada. A CBCO procura, portanto:


reduzir o número de microrganismos patogênicos encontrados no ambiente de

tratamento;


reduzir o risco de contaminação cruzada no ambiente de tratamento;



proteger a saúde dos pacientes e da equipe de saúde;



conscientizar a equipe de saúdeda importância de, consistentemente, aplicar

as técnicas adequadas de controle de infecção.
Para atingir seus objetivos, a Comissão de Biossegurança elaborou o presente Manual, numa
sequência que envolve algumas definições, noções sobre limpeza, esterilização e desinfecção
de artigos e as normas para o seu emprego; a proteção da equipe de saúde, envolvendo a
lavagem das mãos e o uso debarreiras; a limpeza, desinfecção e uso de barreiras nas
superfícies; sequência de trabalho nas clínicas; procedimentos diante de acidentes pérfurocortantes; limpeza das clínicas; eliminação do lixo; cuidados com o ar e a água entre outras
informações.
Este trabalho visa o bem comum. Considerando que os profissionais das equipes de saúde
bucal devem estar devidamente informados e atentos aosriscos ocupacionais inerentes às
atividades desenvolvidas, é responsabilidade de todos contribuir para o cumprimento das
normas propostas, para manutenção de um ambiente de trabalho seguro e saudável.

2. RISCOS DE CONTAMINAÇÃO (SILVA et al 2004).
As clínicas odontológicas estão expostas a uma grande variedade de microrganismos
veiculados pelo sangue, saliva e outros meios. Quanto maior o...
tracking img