Artigo - hidropirataria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1646 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
HIDROPIRATARIA NA AMAZÔNIA


Ana Carolina de Faria RA: 205603 Email: ana.faria@uol.com.br
Cesar Pereira Telles RA: 205699 Email: cesar.ptelles@gmail.com
Matheus Peres Coelho RA: 205630 Email: matesusama@hotmail.com
Nataly Martins de Almeida Farias RA: 205714 Email: nataly-farias@hotmail.com

Orientador (a): Virginia Maria Antunes de Jesus/Estudos Interdisciplinares V“(...), aquela Amazônia onde se opera agora uma seleção natural de energias, e diante da qual o espírito de Humboldt foi empolgado pela visão de um deslumbrante palco, onde mais cedo ou mais tarde se há de concentrar a civilização do globo.”

Euclides da Cunha, em: Os Sertões, v. I, p.166.



Faculdades Integradas Rio Branco
Bacharelado em AdministraçãoResumo


O artigo em questão aborda a suposta prática de hidropirataria no rio Amazonas, denunciadas, discutidas e divulgadas na imprensa desde o ano de 2004 até a atualidade. Acusações anunciadas por muitos jornalistas e profissionais da área, revelaram que navios-tanques de várias nacionalidades estariam roubando água doce do rio brasileiro para depois vendê-la engarrafada na Ásia,Europa e até mesmo no Oriente Médio. Apesar de muitas publicações terem sido feitas e do problema ter sido informado ao poder público brasileiro, as audiências realizadas por essas autoridades insistem em dizer que nunca foi registrado o ato de hidropirataria na Amazônia.



Palavras Chaves: Hidropirataria, Amazonas, roubo, água, governo.

Introdução
A escassez da água enfrentada portodos os países está obrigando o mundo, cada vez mais, a voltar os seus olhos para a grande riqueza da Amazônia, pois nela se encontra a maior bacia hidrográfica do planeta, responsável por aproximadamente 20% da água doce que chega aos oceanos.
A partir da falta de água potável em alguns países, a Amazônia vem enfrentando o tráfico de água doce, uma nova modalidade de saque aos recursosnaturais brasileiros, denominada pela imprensa de hidropirataria.
O termo hidropirataria surgiu a partir da prática ilegal realizada por embarcações, com capacidade para transportar milhões de litros águas, que começaram a retirar água doce do país e transportar para venda em outros países.
O roubo de água do rio da Amazônia, que ficou conhecido como hidropirataria, foi denunciadoinicialmente pelo jornalista científico Júlio Ottoboni, quando fez uma série de matérias para o jornal “Gazeta do Povo” de Curitiba denominada "Amazônia, Terra de Ninguém?", na qual foi abordado o tema da hidropirataria. Anos depois, em 2009, o tema também foi abordado em uma reportagem de Ilma Barcellos na edição 310 da revista jurídica Consulex e repercutida pela Agência Amazônia, porém, até agoraé um assunto polêmico, pois apesar de existirem denúncias graves sobre o assunto, o governo brasileiro diz ser tudo um mito.

O Roubo da Água Doce Amazônica
Segundo Júlio Ottoboni, a prática ilegal de roubo de água doce foi informada aos cientistas e autoridades brasileiras de que navios petroleiros estão reabastecendo seus reservatórios no Rio Amazonas antes de sair das águasnacionais.
Ao chegarem nos portos amazônicos, as grandes embarcações descarregam suas cargas e, por segurança, devem reabastecer os navios antes de retornarem aos portos de origem. O reabastecimento é necessário, pois serve como um contrapeso (lastro) para a embarcação e a forma padrão utilizada é enchendo espaços especiais desses navios com águas dos rios nacionais, prática em acordo com a Normainternacional capitania dos portos da Amazônia.
O problema com esse processo habitual dos navios cargueiros surgiu a partir de denúncias feitas à Agência Nacional de Águas (ANA) e à Polícia Federal, que afirmavam que a água reabastecida nos navios está sendo utilizada como fins lucrativos para serem comercializadas em países da Europa e do Oriente Médio.
De acordo com Ilma...
tracking img