Artigo cientifico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2133 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE INTEGRADA DO CEARÁ
CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

SARA FONTENELE NOGUEIRA

A OTIMIZAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DOS SISTEMAS DE ESCRITURAÇÃO ELETRÔNICA DE PROCESSAMENTOS E TRANSFERÊNCIA DE INFORMAÇÕES DE DADOS DO ISSQN NO MUNICÍPIO DE FORTALEZA – CEARÁ.

FORTALEZA
2012

SARA FONTENELE NOGUEIRA

A OTIMIZAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DOS SISTEMAS DE ESCRITURAÇÃO ELETRÔNICA DEPROCESSAMENTOS E TRANSFERÊNCIA DE INFORMAÇÕES DE DADOS DO ISSQN NO MUNICÍPIO DE FORTALEZA – CEARÁ.

Projeto de Pesquisa apresentado a Faculdade Integrada do Ceará, como requisito parcial para elaboração do artigo de conclusão do curso de graduação em Ciências Contábeis, tendo como orientadora de conteúdo a Profª. Marta Chaves.

FORTALEZA
2012
INTRODUÇÃO
De acordo com a Constituição Federal de1988, através do seu art. 156, III, e definido na Lei Complementar nº 56/1987, outorgou de competência tributária aos municípios para instituir o Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN). Assim se refere o presente artigo:
“Art. 156. Compete aos Municípios instituir imposto sobre: … III – serviços de qualquer natureza, não compreendidos no art. 155, II, definidos em lei complementar.”O município de Fortaleza visando adequar as normas de incidência do ISSQN, resolveu adaptar à Lei Complementar Federal nº 116, de 31 de Julho de 2003. A partir dessa Lei, as pessoas jurídicas sediadas no município de Fortaleza, que retém ou não o ISSQN na Fonte, ficam obrigadas a se inscrever no Cadastro de Produtores de Bens e Serviços – CPBS, e informar mensalmente, através da DDS - DeclaraçãoDigital de Serviços, a prestação de serviços e o valor a ser recolhido. A partir de outubro de 2003, o Livro de Registro de Prestação de Serviços, também ficou obrigado a ser impresso através do programa DDS, e ser encadernado no final de cada exercício.
Para simplificar as informações, a Secretaria de Finanças de Fortaleza, substitui a DDS pela Giss On Line, que gera a informação da prestaçãode serviços assim que ela é executada, através da Nota Fiscal Eletrônica de Serviços ou através da Nota Fiscal Avulsa, sendo assim, todos os prestadores de serviços obrigados a emiti-la.
Esse trabalho tem como objetivo apresentar a nova ferramenta Giss on line, e a otimização dela no recolhimento do ISS para o município de Fortaleza, facilitando o relacionamento entre o Fisco e o contribuintedo ISSQN.















1 TEMA
Os benefícios da utilização dos sistemas de escrituração eletrônica de processamentos e transferência de informações de dados do ISSQN no município de Fortaleza – Ceará .

2 PROBLEMA
A implantação dos sistemas escrituração eletrônicos nos processamentos e transferência de dados trouxe para o município de Fortaleza maiorarrecadação do ISSQN?

3 OBJETIVOS
3.1 Objetivo Geral
Analisar a utilização sistemas de escrituração eletrônicos nos processamentos e transferência de dados como meio de controle de arrecadação do ISS, dos prestadores de serviços no município de Fortaleza.
3.2 Objetivos Específicos
I. Descrever os aspectos históricos do ISS e sua base legal;
II. Apresentar as ferramentas deescrituração eletrônica;
III. Examinar o recolhimento no período de utilização deste método;
IV. Apresentar as vantagens e desvantagens do sistema;



4 HIPÓTESES
I. O efeito da ferramenta sobre a geração da informação com maior tempestividade, facilitando a analise dos dados informados pelos contribuintes do ISS.
II. À medida que os contribuintes informam, através da escrituraçãoeletrônica os seus serviços prestados, a Secretaria de Finanças de Fortaleza tem mais segurança de não ocorrer à omissão de receita.

5 JUSTIFICATIVA
Com os avanços da tecnologia da informação a administração pública estendeu a sua capacidade de fiscalização, aumentando os meios de acompanhamento das ações de seus contribuintes.

6 METODOLOGIA
Definição de metodologia segundo Cassandra...
tracking img