Artigo cientifico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 142 (35298 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Diretório de Artigos Gratuitos
Parte superior do formulário

Parte inferior do formulário
Por que publicar artigos?
Autores Populares
Artigos Populares
 AResponde

Publicar Artigos

Login
Login através de
Cadastro
Olá
área do Autor
Saír

Parte superior do formulário
Email
Senha

Salvar os dados
Esqueceu a senha?
Parte inferior do formulário
Home > Saúde >Infecção Puerperal
Infecção Puerperal
Publicado em: 21/10/2010 | Acessos: 2,578 |

3

Anúncios Google
Dieta Para Emagrecer Comece já Nossa Dieta dos Pontos. Emagreça por Apenas R$0,53 ao dia! DietaESaúde.MinhaVida.com.br
Fertilità-Aracaju ICSI, PGD, Preservação fertildade Conheça o programa Facilità www.fertilita.com.br
Roupinhas para Seu Bebê Confira Lindas Roupinhas de Bebês Tudo NaNossa Super Promoção. Veja! www.bebericknick.com.br
Terapia Ondas de Choque Centros de Tratamento no Brasil e Equips. Terapia por Ondas de Choque www.dolorclast.com.br
INTRODUÇÃO
Barros (2006), considera infecção puerperal como alguma infecção que se instale no aparelho reprodutor da mulher no período pós- parto recente se favorecendo das transformações ocorridas em seu organismo.
Pra Guimarães(2007), suas taxas elevadas estão em grande parte ligadas ao número aumentado de mulheres que optam por cesarianas, visto que o mesmo é um importante fator de risco, além de falha no sistema de vigilância, bem como a inexpressiva sensibilização e envolvimento das pessoas para melhor aspecto da realidade.
Embora o avanço científico e tecnológico nas diversas áreas do conhecimento seja progressivo,esta patologia, ainda é, um grande problema para a saúde pública pela sua prevalência, morbidade e, até mesmo, letalidade. No âmbito internacional, a infecção puerperal oferece índices que oscilam entre 03 e 20%, com valores médios de 09%. No Brasil, esses índices variam em torno de 01 a 7,2 (GUIMARÃES, 2007).
Em geral a infecção puerperal é instalada entre o 4º e o 5º dia do pós-parto, sendo quequanto mais cedo for o aparecimento da mesma, maior será sua virulência. Seu quadro clinico mostra-se por aumento da temperatura que pode alcançar de 38,5 a 39 °C, os lóquios apresentam-se purulentos e com odor fétido, útero amolecido e doloroso, colo permeável à polpa digital, que ao ser manipulado excreta secreção purulenta. Além disso, a puérpera pode apresentar cefaléia, anorexia e mal-estargeral (BARROS, 2006).
Para que esta patologia seja evitada é necessário algumas medidas profiláticas, principalmente relacionadas a atos de higiene tanto por parte das puerperas e seu acompanhantes com dos profissionais de saúde.
 
JUSTIFICATIVA
Visto que a infecção puerperal é uma doença causada em suma por uma deficiência em hábitos higiênicos, que acomete principalmente as puérperassubmetidas a parto cesariana é que se pretende abordar neste estudo alguns elementos sobre esta patologia, abordando profilaxia, formas de transmissão, sinais e sintomas, dados estes, necessários ao desenvolvimento de uma assistência fundamentada cientificamente e alicerçada na assistência e no processo de enfermagem.
 
OBJETIVOS
 
Geral
Promover educação em saúde sobre a infecção puerperal;Específicos
Ponderar quanto à importância de hábitos higiênicos na prevenção da infecção puerperal;
Analisar quais são os sinais e sintomas da patologia;
 
Identificar áreas de risco para transmissão e proliferação da doença;
 
METODOLOGIA
Este artigo consiste num estudo exploratório de natureza bibliográfica.
 
 
REVISÃO BIBLIOGRÁFICA
Define-se infecção puerperal como qualquer infecção quevenha acometer o aparelho reprodutor feminino no puerpério recente e que se beneficie das modificações fisiológicas locais e gerais do organismo no período pós-parto (BARROS, 2006).
 
Ainda segundo o autor a vulnerabilidade da mulher as infecções aumenta na presença do baixo nível socioeconômico (desnutrição, anemia por deficiência de ferro, baixa resistência, vaginose bacteriana), de doenças...
tracking img