Artes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3402 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA – CEAD
CURSO DE PEDAGOGIA -6º período
ATPS - Atividades Praticas Supervisionadas

Celismar Aparecida Ferreira/RA: 4115215202
celismar28@hotmail.com
Fernanda Aparecida Arêda Antunes/RA: 2327405161
aredamelo@hotmail.com
Janise Silvestre Braz Gonzaga/RA: 6135270017
janisesilvestre@hotmail.com
Lígia Aparecida MartinsFurtado/RA:
4187264266
ligiamfurtado@hotmail.com
Mara Rúbia de Lima Borges/RA: 6158268621
mararubiadelimaborges@hotmail.com

Arte, Criatividade e Recreação
Prof. Ma Adriana Rodrigues da Silva

Anápolis/Goiás
2012/2
Influência da escola na criatividade das acadêmicas
Para Fernanda não era nada motivador estudar artes da escola, lembro-me que naquela época não contávamos com nenhum recurso eque tínhamos uma aula uma vez por semana, onde tínhamos que trabalhar os mapas, ou desenho livre onde a gente levava jornal, ou gravuras de casa para poder enfeitar esses desenhos.
Tínhamos também os desenhos relacionados com os temas. Festa junina tinha um desenho do caipirinha para pintar, bandeirolas para recortar e enfeitar a escola, dia do índio uma indiazinha para ser enfeitada, era quandopodíamos usar mais material, tinta, purpurina, folhas, giz de cera, canetinha.
O material reciclado era pouco conhecido na época, então não se usava muitas garrafas pet, embalagens de ovo e nem a criatividade era tanta como hoje em dia. Com a internet basta digitar o que se quer que apareça vário tema para uma única palavra. Nos anos iniciais minha criatividade não foi muito usada, lembro-meque depois no ensino médio surgiram várias outras professoras que me instigaram a pesquisar e a usar a imaginação para criar foi onde desenvolvi o gosto pela pintura em tecido, a vontade de usar o E.V. A, a tesoura de picote e hoje gosto muito de fazer as lembrancinhas dos aniversários da minha filha e de filhos de amigas.
As crianças de hoje tem muita sorte de poderem contar com a disciplina deartes da sua grade curricular porque daí é que surgem nossos grandes artistas sejam nas áreas plásticas, musicais, teatrais e assim por diante.
Para a acadêmica Celismar sua trajetória estudantil começou no ano de 1979, aos seis anos no antigo pré- escolar e não me esqueço que uma das disciplinas era artes e o conteúdo era repleto de desenhos mimeografados que eram colados no caderno com o vistoda professora, ora parabéns, ora bom, ora regular e assim se arrastou por várias outras séries mudando até para educação artística, mas não mudava muita coisa continuava-nos mesmo conteúdos, desenhos mimeografados, faziam bolinhas de papel crepom, colar casquinhas de ovos nos desenhos que já vinham prontos e só tínhamos que copiar não mudando nem mesmo as cores, pois a professora era a pessoa quesabia qual era a cor certa que cabia naquele desenho, a função do aluno era apenas a de reproduzir e não produzir, nunca teve a oportunidade de fazer um desenho ou uma pintura nunca usei tinta e acredito ser este um dos motivos que contribuiu para que hoje eu não consiga me expressar através de desenhos. Vejo que hoje as crianças estão tendo mais oportunidades e liberdade de expressão e sei queprecisamos romper de vez com esta educação estética que fomenta a reprodução de estereótipos e deixar que as crianças produzam com liberdade toda imaginação existente em suas mentes brilhantes.
Para a acadêmica Mara Rúbia, na época em que estudava as aulas eram de Educação Artística onde o aluno na maioria das vezes, já recebia um desenho pronto pela professora com determinação até mesmo das coresa serem usadas. Raramente a professora pedia para desenhar algo livre, ou então todos os alunos tinham que decorar textos e musicas para apresentar em datas comemorativas. As atividades eram sempre repetitivas que não levaram a nenhum raciocínio, para o professor não apresentava domínio na área, nem tão pouco habilidades para ministrar aulas, devido sua formação acadêmica. 
Para Lígia no...
tracking img