Arquitetura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1500 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO NOVE DE JULHO
FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO
DISCIPLINA: ARQUITETURA BRASILEIRA
PROFESSORA: IVANISE LO TURCO

João Batista Vilanova Artigas
Sua Vida e Suas Obras

Alunos: Jefferson C. Leão
Luis Felipe A. Santos
Mariane B. D. Napoli

Turma: 6 A°3 Periodo Noturno

São Paulo2007

* Indice:

Pág: 01 – Biografia
Sua Carreira

Pág: 02 – Artigas e a Fau

Pág: 03 – O envolvimento com á política

Pág: 04 – Grupo Santa Helena
Reconhecimento Internacional
A Casa Paranaense

Pág: 05 – Artigas e a Arquitetura moderna
A importância de Artigas no estado de São Paulo

Pág: 06 – Cronologia desuas obras

Pág: 07 – Obras

Pág: 08 – Fotos

Pág: 09 – Casa João Luiz Betta

Pág: 10 - Curiosidades

* Biografia:

João Batista Vilanova Artigas nasceu na cidade de Curitiba em 1915. Graduou-se como engenheiro-arquiteto em 1937 pela Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo. Em 1938 participou na competição para o Salão da Cidade  de São Paulo na equipe do famoso arquitetorusso Gregori Varchavchic. Em 1940 foi empregado como um professor assistente para ensinar a arquitetura na Universidade de São Paulo.

* Sua Carreira:

No começo de sua carreira profissional, foi influenciado por Frank Lloyd Wright .
Seus projetos residenciais desse tempo mostraram características da arquitetura orgânica de Wright: espaço e continuidade, níveis diferentes dos assoalhose telhados, janelas horizontais; isso pode facilmente ser reconhecido em algumas de suas casas desse período (A casa do arquiteto em 1942, Rio Branco Paranhos em 1943).
Em 1946, Artigas obteve uma bolsa de estudos da Fundação Guggenheim para estudar a arquitetura contemporânea nos EUA. Depois do seu retorno, ele aproximou do movimento da arquitetura moderna brasileira. Baseado nas idéias de LeCorbusier considernado a arquitetura e o planeamento, este movimento teve sua formação na cidade de Rio de Janeiro com
Oscar em Niemeyer e Lucio Costa. Entretanto, Artigas  escapa do formalismo  carioca.
Sua arquitetura foi baseada em formas geométricas preliminares e o uso do concreto reforçado como estrutura. De embora suas idéias mudassem consideravelmente de seu primeiro período, manteve acontinuidade do espaço e a mudança dos níveis, através da criação de grandes vácuos  e o uso dos mezaninos ligados por inclinações, que criam um efeito dramático em seus edifícios.

* Artigas e a FAU:

Em 1961 recebeu a missão de projetar o novo edifício da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e participação no planeamento do novo campus da Universidade de SãoPaulo. Dominou para projetar um edifício que representasse realmente a atmosfera do curso, projetado também por ele.  Baseado na interação dos estúdios de projeto e oficinas com pesquisa tecnológica e histórica, o edifício de escola é um grande e cumprido vácuo aberto, diferenciando os departamentos pelos diferentes volumes suspendidos, cobertos por uma caixa concreta superstructural. A suapresença na USP está estreitamente ligada à Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.

* O Envolvimento com a política:

Além de suas atividades como profissional e professor, Artigas teve também uma vida política muito ativa. Participou na fundação do departamento do IAB São Paulo (Instituto de Arquitetos do Brasil) e trabalhou  para promovê-lo entre seus colegas assim como para melhorar aparticipação Brasileira nos congressos da UIA (União Internacional dos Arquitetos).

Ciente das principais  introduções sociais do Brasil, era também um membro ativo do PCB  (Partido Comunista Brasileiro), o  que lhe rendeu muitos problemas durante a ditadura militar. Tal fato fizeram com que Vilanova Artigas vivesse no exílio político entre 1964 e 1984. Teve seus direitos políticos suspendidos e...
tracking img