Arquitetura moderna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6088 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ARQUITETURA MODERNA E PÓS-MODERNA: MUDANÇA DE PARADIGMA

Gabriel Franco Renata Fraga Ana Maria de Souza Martins Farias

RESUMO Este artigo pretende introduzir uma análise, ainda que breve, das tendências arquitetônicas do século XX reconhecidas como movimento moderno e pós-moderno. São apresentadas as características desses movimentos, considerando um recorte histórico de seu processo, seusexpoentes e obras produzidas a partir das concepções que se inserem no contexto artístico e cultural do movimento moderno e do pós-moderno. É importante também destacar que a pluralidade e a diversidade são características fundamentais da pós-modernidade. Para tanto, evolução, construção e realidade técnica das referidas tendências, objetos da pesquisa e fundamentação teórica da análise e estudosforam aliados à apresentação de imagens representativas dos dados colhidos a partir da pesquisa e da análise de informações imprescindíveis ao trabalho. Assim foi possível discutir as diversas tendências da arquitetura no final do século XX e início do século XXI. PALAVRAS-CHAVE Arquitetura moderna, arquitetura pós-moderna, diversidade. ABSTRACT This article aims to introduce an analysis, howeverbriefly, of the architectural trends of the twentieth century recognized as the modern and post-modern movements. The characteristics of these movements are presented, including a historical overview of their process, and their exponents and works produced from the conceptions that are in the artistic and cultural context of the modern and post-modern movements. It is important to note that pluralityand diversity are fundamental characteristics of post-modernity. Therefore, the development, construction, and technical reality of these trends, the object of research and theoretical grounding and studies, was coupled with the presentation of representative images of the data collected from the research and analysis of indispensable information for the work. Thus, it is possible to discuss thevarious aspects of architecture in the late twentieth and early twenty-first centuries.
Cadernos de Graduação - Ciências Humanas e Sociais (ISSN 1980-1784) - v. 11 - n.11 - 2010

KEYWORDS Modern architecture, post-modern architecture, diversity. 1. INTRODUÇÃO A produção arquitetônica internacional do movimento moderno foi desenvolvida a partir do final do século XIX até a primeira metade doséculo XX. Uma das principais características dos modernos era a rejeição dos estilos históricos do passado, representada pela repulsa ao ornamento e exemplificada pela obra de Adolf Loos, Ornamento é Crime (1908), um ensaio que critica a preocupação dos profissionais da arquitetura com o supérfluo e o superficial (SÁ, 2005, p.83). Loos foi um dos pioneiros da arquitetura moderna. Precursor da novaobjetividade, procurou sempre a solução mais simples para seus projetos e métodos de construção, empregando apenas ocasionalmente motivos ornamentais como elementos articuladores. Apresentou uma concepção arquitetônica baseada na funcionalidade. Suas obras mais célebres e importantes são a moradia Steiner (1910) e a moradia de Michaelplatz (1910-1911), em Viena, e a residência Tzara, em Paris. Osmodernos viam o ornamento como um elemento típico dos estilos históricos, incompatível com os seus conceitos. Eles estavam atrelados às ideias das vanguardas artísticas das décadas de 1910 e 1920, destacando-se aquelas que objetivavam a criação de peças e espaços abstratos e geométricos. Dois outros aspectos do movimento moderno merecem menção: o primeiro definido pelo conceito de que “menos é mais” –“less is more”, frase cunhada pelo arquiteto Mies van der Rohe; e o segundo norteado pela ideia de que “a forma segue a função“ – “form follows function”, do arquiteto proto-moderno Louis Sullivan, também traduzida como forma é função. Segundo Sá (2005, p. 86), a funcionalidade, outro conceito bastante significativo, é utilizada por Loos para justificar a ausência de ornamentos. Igualmente merecem...
tracking img