Arquitetura grega

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5371 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Arquitetura |
|
|
O Partenon, Acrópole de Atenas, o melhor exemplo existente de templo dórico. |
Um dos símbolos de maior sucesso artístico da Grécia é a sua requintada arquitetura, principalmente as elegantes colunas de pedra e os frontões triangulares, esculpidos em três “estilos” de arquitetura desenvolvida por eles entre 600 a.C. e 300 a.C. Estes estilos foram criados paraconstruir templos para os deuses. Esculpidos em mármore, eles imitavam as técnicas de cortes em madeira das construções originais.O estilo dórico é o mais antigo e simples, com fortes colunas e frontões cobertos com esculturas que, naquela época, poderiam ter sido pintadas de azul ou vermelhas para criar impacto. O melhor exemplo existente de um templo dórico é o Partenon (438 d.C.) naAcrópole de Atenas.O estilo jônico floresceu aproximadamente na mesma época nas ricas cidades da Ásia Menor. É mais suave e mais decorativo, com finas colunas que apresentam espirais no final do capitel. O estilo atingiu o seu ponto máximo no –agora perdido- Templo de Artemisa em Éfeso, uma das Sete Maravilhas do Mundo. Hoje em dia, podemos ver exemplos da arquitetura jônica no Templo de Atenasna Acrópole.Em 400 a.C. surgiu uma nova e mais elaborada versão da arquitetura jônica: o estilo coríntio. Ele apresenta intrincadas folhas de acanto esculpidas no topo das colunas, significando influências de estilo vindas do Oriente Médio. A grandiosidade do estilo coríntio o transformou no tipo de construção favorito na Roma Imperial. |http://discoverybrasil.uol.com.br/guia_grecia/grecia_arte_arquitetura/index.shtml
Escultura |
|
|
Uma estátua grega de Hermafrodite agora no Museu do Louvre em Paris. |
Os escultores da Grécia Antiga podiam retratar perfeitamente o corpo humano em pedra e bronze. Seja esculpindo estátuas em pé para templos ou intrincados trabalhos em baixos relevos para adornar a arquitetura, a escultura realizada na era clássica foi tãoboa que permaneceu igual até o Renascimento italiano.A primeira escultura era rígida, apesar de que escultores como Policlito aperfeiçoaram as proporções da figura masculina em pé. Na metade de 400 a.C, os escultores de deuses e heróis no Templo de Zeus, em Olympia e Partenon, mostraram mais movimento e emoção.A revolução veio ao redor de 400 a.C, quando a nova técnica de modelado do metalpermitiu aos escultores fazerem figuras ocas em bronze, com musculatura, cabelo e roupas melhores delineadas do que o metal sólido podia permitir.Surpreendentemente, a escultura era pintada com brilho para fazê-la se destacar à distância. Muitas poucas esculturas gregas originais sobreviveram, mas pudemos conhecê-las através das cópias feitas posteriormente pelos romanos. |

Cerâmica ||
|
Quimera - criatura mítica numa pintura duma jarra grega. |
A cerâmica proporciona uma grande e importante união com o passado devido a sua durabilidade e uso difundido. Ânforas decorativas, tigelas, copos e garrafas para óleo são o melhor meio de sobrevivência da pintura grega, assim como os cacos de louças e a distribuição deles nos proporciona um registro de antigas rotas decomércio.A pintura em cerâmica começou a crescer durante o período geométrico dos séculos VIII e IX a.C. Seus padrões gregos inconfundíveis, desenhos abstratos e figuras foram muito populares. Mais popular ainda foi o estilo coríntio dos séculos V e VI a.C. As negras figuras geométricas coladas foram substituídas por cenas de pessoas e animais cheias de cor e significados, quebrando comas decorações florais, provavelmente inspiradas na arte do Oriente Médio.A cerâmica coríntia terminou seu domínio no mercado com o surgimento das figuras negras atenienses (posteriormente figuras vermelhas), ambos os trabalhos do mesmo período. Os desenhos decorativos foram trocados por cenas míticas ou cotidianas, e o acréscimo de detalhes lhes proporcionou profundidade e realismo. |...
tracking img