Apresentado trabalho na faculdade sobre a cultura da china

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4166 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A teoria psicossocial
do desenvolvimento
Como já dissemos , o desenvolvimento
avança em estágios - oito ao todo, de
acordo com o esquema de Erikson. Os
quatro primeiros estágios ocorrem durante
a primeira infância e a meninice , o quinto
durante a adolescência ; os três últimos
estágios ocorrem a partir da maturidade,
incluindo a velhice. Erikson dá uma ênfase
especial ao período daadolescência,
porque é aí que se faz a transição entre a
infância e a idade adulta. O que acontece
durante esse estágio é da maior importância
para a personalidade adulta. Identidade,
crise de identidcu1 e e confusão de
identidade são, sem dúvida , os conceitos
mais conhecidos dentre os formulados por
Erikson.
Deve-se mencionar que esses estágios
consecutivos não são dispostos de acordocom uma determinação cronológica estrita.
Erikson reconhece que urna determinada
criança possui uni tempo próprio, e
portanto seria ilusório especificar uma
duração exata para cada estágio. Além
disso, cada estágio não é deixado para
trás depois de atravessado . Em vez disso,
cada estágio contribui para a formação
da personalidade total. Nas palavras de
Erikson, " ... qualquer coisa quecresça
tem um plano fundamental , e (que) as
partes originam-se desse plano fundamental,
cada parte tendo seu tempo de ascendência
específico, até que todas as partes
tenham se manifestado para formar um
todo operante" (1968, p. 92). Isto é conhecido
como o rincí,^)io epi^enético.

uma expres5ã1o emprestada da embriologia.
Ao descrever os oito estágios do desenvolvimento
psicossocial,reunimos e interpretamos
uni material extraído de quatro
fontes. Em Childhood and Society (1950,
1963) e posteriormente em Identity:
Youth and Crisis (1968), Erikson descreveu
os estágios cm termos das qualidades
de ego básicas que emergem em cada estágio.
Em I,rsight and Responsibility
(1964), discutiu os valores ou forças do
ego que aparecem nos estágios sucessivos.
Em seu mais recentelivro Toys and Reasons
(1976), descreve a ritualização peculiar
a cada estágio. Erikson entende
que a ritualização é uni jogo culturalmente
padronizado, através do qual se faz ou se
experimenta algo na ação recíproca diária.
A finalidade básica destas ritualizações
é transformar o indivíduo em amadurecimento
nuns membro efetivo e familiar
da comunidade. Lamentavelmente, as ritualizaçõespodem tornar-se rígidas e desvirtuadas
e traduzir-se em ritualismos. 1. Confiança básica ver>us
desconfiança básica
A confiança básica mais inicial se estabelece
durante o estágio sensório-oral e
é demonstrado pelo bebê em sua capacidade
de dormir tranqüilamente, alimentar-
se confortavelmente e excretar relaxadamente.
Aumentando as horas que
passa acordado a cada dia, o bebê tornase
maisfamiliarizado com experiências
sensuais, e sua familiaridade coincide corri
unia sensação de bem-estar. As situações
de conforto e as pessoas responsáveis por
esse conforto tornam-se familiares e identificáveis
pela criança. Devido à confiança
e à familiaridade com a figura materna,
o bebê atinge uni estado de aceitação no
qual aquela pessoa pode ausentar-se por
algum tempo. Esta primeiraaquisição social
é possível porque o bebê está desenvolvendo
interiormente a certeza e a confiança
de que a mãe retornará. As rotinas
diárias, a consistência e a continuidade
no ambiente do bebê fornecem a base inicial
para o sentido da identidade psicossocial.
Através da continuidade de experiências
com adultos, o bebê aprende a
confiar neles e a contar com eles; mas o
mais importante éque aprende a acreditar
em si. Tal certeza deve superar o reverso
da confiança básica - a desconfiança
básica que, em princípio, é essencial ao
desenvolvimento humano.
A proporção adequada entre a confiança
e a desconfiança resulta no advento da
esperança. "Esperança é tanto o primeiro
quanto o mais indispensável valor inerente
à condição de estar vivo" (1964, p.
115). A base da...
tracking img