Apostila php e mysql

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5209 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
O que é PHP?
PHP é uma linguagem que permite criar sites WEB dinâmicos,
possibilitando uma interação com o usuário através de formulários, parâmetros da URL
e links. A diferença de PHP com relação a linguagens semelhantes a Javascript é que o
código PHP é executado no servidor, sendo enviado para o cliente apenas html puro.
Desta maneira é possível interagir com bancos de dados eaplicações existentes no
servidor, com a vantagem de não expor o código fonte para o cliente. Isso pode ser útil
quando o programa está lidando com senhas ou qualquer tipo de informação
confidencial.
O que diferencia PHP de um script CGI escrito em C ou Perl é que o
código PHP fica embutido no próprio HTML, enquanto no outro caso é necessário que
o script CGI gere todo o código HTML, ou leia de umoutro arquivo.
O que pode ser feito com PHP?
Basicamente, qualquer coisa que pode ser feita por algum programa CGI
pode ser feita também com PHP, como coletar dados de um formulário, gerar páginas
dinamicamente ou enviar e receber cookies.
PHP também tem como uma das características mais importantes o
suporte a um grande número de bancos de dados, como dBase, Interbase, mSQL,
mySQL, Oracle, Sybase,PostgreSQL e vários outros. Construir uma página baseada em
um banco de dados torna-se uma tarefa extremamente simples com PHP.
Além disso, PHP tem suporte a outros serviços através de protocolos
como IMAP, SNMP, NNTP, POP3 e, logicamente, HTTP. Ainda é possível abrir
sockets e interagir com outros protocolos.
Como surgiu a linguagem PHP?
A linguagem PHP foi concebida durante o outono de 1994 porRasmus
Lerdorf. As primeiras versões não foram disponibilizadas, tendo sido utilizadas em sua
home-page apenas para que ele pudesse ter informações sobre as visitas que estavam
sendo feitas. A primeira versão utilizada por outras pessoas foi disponibilizada em
1995, e ficou conhecida como “Personal Home Page Tools” (ferramentas para página
pessoal). Era composta por um sistema bastante simples queinterpretava algumas
macros e alguns utilitários que rodavam “por trás” das home-pages: um livro de visitas,
um contador e algumas outras coisas.
Em meados de 1995 o interpretador foi reescrito, e ganhou o nome de
PHP/FI, o “FI” veio de um outro pacote escrito por Rasmus que interpretava dado s de
formulários HTML (Form Interpreter). Ele combinou os scripts do pacote Personal
Home Page Tools com oFI e adicionou suporte a mSQL, nascendo assim o PHP/FI, que
cresceu bastante, e as pessoas passaram a contribuir com o projeto.
Estima-se que em 1996 PHP/FI estava sendo usado por cerca de 15.000
sites pelo mundo, e em meados de 1997 esse número subiu para mais de 50.000. Nessa
época houve uma mudança no desenvolvimento do PHP. Ele deixou de ser um projeto
de Rasmus com contribuições de outraspessoas para ter uma equipe de
desenvolvimento mais organizada. O interpretador foi reescrito por Zeev Suraski e
Andi Gutmans, e esse novo interpretador foi a base para a versão 3.
Atualmente o uso do PHP3 vem crescendo numa velocidade incrível, e já
está sendo desenvolvida a versão 4 do PHP.

Sintaxe Básica
Delimitando o código PHP
O código PHP fica embutido no próprio HTML. O interpretadoridentifica
quando um código é PHP pelas seguintes tags:
comandos
?>

comandos
?>
<%
comandos
%>
O tipo de tags mais utilizado é o terceiro, que consiste em uma
“abreviação” do primeiro. Para utilizá-lo, é necessário habilitar a opção short-tags na
configuração do PHP. O último tipo serve para facilitar o uso po r programadores
acostumados à sintaxe deASP. Para utilizá-lo também é necessário habilitá-lo no PHP,
através do arquivo de configuração php.ini.
Separador de instruções
Entre cada instrução em PHP é preciso utilizar o ponto -e-vírgula, assim
como em C, Perl e outras linguagens mais conhecidas. Na última instrução do bloco de
script não é necessário o uso do ponto -e-vírgula, mas por questões estéticas recomendase o uso sempre.
Nomes de...
tracking img