Apostila de ipd mec - proinfo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1925 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Apostila de IPD MEC - ProInfo
Página 34
• Algumas principais estrelas deste período de extrema miniaturização foram os supercomputadores,
sendo seu representante mais famoso o Cray .
Cray.
• O Cray foi inventado por Seymour Cray, que deixou a Control Data em 1972 para formar
sua própria companhia. Esta máquina foi muito conhecida pelo seu design em
forma de ferradura - um esforço paraacelerar o processamento encurtando o comprimento
dos circuitos - tanto quanto por ter sido a primeira máquina a tornar viável o
processamento vetorial. Processamento vetorial, onde arrays numéricos muito extensos
são computados por uma simples instrução, passaram a ser uma característica
fundamental dos supercomputadores desde então.
• Também único foi o uso, pelo Cray, de circuitos de baixadensidade/alta velocidade
(ECL, que requeriam Freon liquido para resfriamento), em vez de alta densidade/baixa
velocidade. Sua combinação de ECL com a estrutura em forma de três quartos de círculo
concedeu à máquina uma performance altíssima - 100 MFLOPS (milhões de operações
de ponto-flutuante por segundo) - em um "invólucro" relativamente pequeno.
Um fato interessante é que o Cray podia serencomendado na cor que o comprador
escolhesse, fato que permanece até hoje.
Apostila de IPD MEC - ProInfo
Página 35
ERA DO COMPUTADOR PESSOAL
• A partir de 1975, com a disseminação dos circuitos integrados, a tecnologia do computador
sofreu uma verdadeira revolução. Graças ao chip de silício, o computador, antes
com dimensão de uma sala, diminuiu muito de tamanho e de custo. Ao lado dessametamorfose,
verificaram-se importantes mudanças nas atitudes e expectativas das pessoas
que lidavam com essas máquinas. Abriu-se caminho para uma indústria que viria
a explorar o computador como um verdadeiro bem de consumo.
• O crescimento assombroso da indústria dos computadores pessoais conta uma história
de magia técnica, visão utópica e visão comercial. O maior estímulo para odesenvolvimento
da computação pessoal talvez fosse, ao lado do deslumbramento, um
grande ressentimento, inspirado pelo que ocorrera com os grandes computadores.
Tais máquinas realizavam feitos maravilhosos, mas devido ao seu enorme custo e fragilidade,
só podiam funcionar em ambientes cuidadosamente controlados, inacessíveis
a poucos escolhidos. Estudantes obcecados por elas, viam-se obrigados atrabalhar
por meio de intermediários, manipulando programas codificados em lotes de cartões
perfurados e tendo que esperar horas, ou dias, pelos resultados.
• O advento do minicomputador foi um grande passo à frente, mas não o suficiente para
alterar esse quadro. Os primeiros minis ostentavam preços caríssimos e eram grandes
o suficiente para ocupar um quarto pequeno. Ainda não era a derrota da eliteou a
possibilidade da transferência do controle do computador para pessoas comuns. Somente
o microcomputador - o computador pessoal- realizaria essa façanha.
• Apesar desta situação, ainda foi necessária uma longa espera até o advento do micro.
Em 1966, Stephen B. gray, editorda revista Electronics, anunciou a formação de algo
que se chamou de Sociedade dos Amadores de Computadores, atraindoinicialmente
110 membros. Muitos eram engenheiros que trabalhavam com os computadores dos
patrões e construíam, nas horas vagas, em garagens e oficinas domésticas, aparelhos
para uso pessoal. Mas se passaram ainda oito anos antes que os avanços na tecnologia
do microprocessador possibilitassem que um produto comercial atingisse o mercado.
• A nova máquina, produto de uma firma chamadaScelbi, foi anunciada em 1974 e se
chamava Scelbi-8H. Quatro meses depois ela veio a se defrontar com sua primeira rival,
o Mark-8. As duas máquinas eram baseadas no chip 8008 da Intel. A despeito do
clima de excitação que se criou na época entre os aficcionados, ambos apenas serviram
para anunciar a iminência do evento principal.
Apostila de IPD MEC - ProInfo
Página 36
O ALTAIR DE ALBUQUERQUE...
tracking img