Aparelho reprodutor feminino

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1848 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aparelho Reprodutor feminino
[pic]
O aparelho genital feminino é constituído pela vagina, ovários, útero e trompas de Falópio. O útero só começa a crescer na puberdade. Os ovários produzem os hormônios femininos e armazenam os óvulos. As trompas de Falópio ligam o útero aos ovários e estão posicionadas de tal forma que o óvulo, quando expelido do ovário no momento da ovulação, consegue chegar aelas com facilidade. A anatomia da vagina permite receber o pênis e serve de canal para o parto do bebê. O hímen é uma delicada membrana incompleta que protege a entrada da vagina antes da primeira experiência sexual. Esta é a membrana que se rompe quando a mulher tem a sua primeira relação sexual. Na maioria das meninas, o hímen não é uma cobertura total, mas contém perfurações que permitem apassagem de fluxo menstrual. Sua ruptura poderá provocar perdas sanguíneas. A forma do orifício (ostio himenal) e bordo da membrana (orla himenal), são os elementos em que se baseiam as classificações do hímen. TÍPICOS quando possuem um orifício e ATÍPICOS quando possuem vários ou nenhum orifício.
Hímem
Os Típicos compreendem os anular, semilunar e labiado. Os Atípicos compreendem osimperfurados, os em ponte, os cridiformes e os crivados. Neste caso, o fluxo menstrual e/ou as secreções vaginais não podem se exteriorizar, ficando retidos na vagina e no útero, sendo necessário intervenção cirúrgica para correção.
Órgãos Genitais femininos
Estes órgãos são aqui apresentados na ordem em que as células sexuais femininas (os óvulos) são formadas e transportadas para o útero; deste, a vaginaprossegue para os órgãos genitais externos.
Ovário
É um pequeno ovóide achatado, aplicado à parede lateral da pelve, anteriormente ao ureter. Mas está preso ao ligamento largo do útero pelo mesovário, que lhe conduz vasos e nervos. Fixa-se ao útero por grosso ligamento que sai do seu pólo medial. Há também um ligamento suspensor do ovário, mal definido acompanhado pelos vasos ováricos, que sobedo ovário até os vasos ilíacos comuns. Apesar dos seus ligamentos, o ovário é bastante móvel, podendo acompanhar o útero gravídico para a cavidade abdominal. O ovário é saliente na cavidade pélvica, mas o seu peritônio "visceral" transforma-se em epitélio germinativo, continuo com mesotélio do mesovário. Ao corte, o ovário apresenta córtex e medula, central, de conectivo, vasos e nervos, continuamcom mesovário. Glândulas sexuais femininas que produzem os óvulos e os hormônios sexuais femininas: estrógenos e progesterona. A superfície dos ovários está coberta por cavidades chamadas folículos. Cada folículo produz um óvulo. O óvulo é uma célula reprodutora feminina. É muito maior que o espermatozóide e movimenta-se com dificuldade. O óvulo tem capacidade reprodutora durante as vinte equatro horas seguintes à sua saída do ovário. Ao contrário do rapaz, a garota quando nasce dispõe já de todas as suas células reprodutoras em número muito superior ao que poderá utilizar ao longo de toda a sua vida fértil. Até à puberdade, essas células permanecerão imaturas. Na puberdade iniciar-se-á o processo da ovulação. O desencadeamento da ovulação é determinado por hormônios produzidos pelahipófise. Desde a primeira menstruação (menarca) até à última menstruação (menopausa), de quatro em quatro semanas aproximadamente, um folículo de um ovário aumentará de tamanho, rompe-se e sai um óvulo que amadurece em poucas horas. Este processo tem lugar alternadamente num e noutro ovário, ou seja, um mês trabalha o ovário direito no mês seguinte o ovário esquerdo.
Folículos ovarianos
Antes donascimento, já se formaram nos ovários todos os ovócitos da vida daquela pessoa. Calcula-se entre 40 mil a 400 mil, muito mais numerosos do que os liberados para fecundação durante a vida fértil da mulher. Os ovócitos, imaturos, envoltos por epitélio folicular pavimentoso simples, formam os folículos primordiais, situados no córtex, sob o epitélio germinativo. A grande maioria deles não passa...
tracking img