Antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3330 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANTROPOLOGIA CULTURAL TEXTO 1 [2-2009]

O QUE É ANTROPOLOGIA Robert Weawer Shirley1 A Antropologia é uma ciência ao mesmo tempo social e natural, devido ao enorme alcance de sua função. O estudo do homem é quase um campo sem fronteiras, um mar de conhecimentos. A Antropologia física ou biológica, uma de suas subdivisões, estuda a genética humana, a fisiologia e a biologia, bem como os parentesevolutivos do homem – os primatas. A Arqueologia, outra das subdivisões da Antropologia, pesquisa a origem e a evolução da raça humana, não somente a evolução biológica, mas também a social. A lingüística antropológica deriva do estudo de línguas não escritas e tem dado contribuições notáveis à psicologia, à história e à natureza do conhecimento humano. Os antropólogos são, todavia, provavelmentemais conhecidos pelo estudo dos povos "exóticos", povos que ainda vivem ou mesmo que viveram até recentemente em formas de vida tribais e tradicionais. Este estudo de sociedades simples e sem língua escrita é a grande tradição da Antropologia social e cultural. Como se desenvolveu uma disciplina de âmbito tão amplo, diante da especialização crescente do conhecimento nesta época moderna? A respostapode ser encontrada na sua própria história. A Antropologia começou como o estudo de povos sem uma tradição escrita e este fato obrigou os antropólogos a tentarem entender de tudo: a língua, a economia, a religião, a mitologia, as leis e mesmo a biologia de um povo como partes de um todo, não como fragmentos estanques. Por isso o antropólogo teve de se tornar um generalista mesmo quando seusinteresses eram mais centralizados. A Antropologia, como o estudo sistemático de culturas diferentes das do pesquisador, é uma disciplina muito antiga. Com um pouco de esforço, poder-seia remontá-la a Heródoto, ou mesmo ao grande historiador chinês Sima Quan, que viveu há centenas de anos antes de Cristo, porém a maioria dos antropólogos reivindicaria uma história bem mais recente, de pouco mais de umséculo. A Antropologia moderna, na nossa opinião, tem três temas que se entrecruzam, todos importantes para a compreensão da disciplina, e que podem ser chamados de tema pragmático, tema romântico e tema científico. O pragmatismo pincelado de romantismo é a verdadeira base da Antropologia social. Desenvolveu-se como um sub-produto do expansionismo da

Europa imperial no século passado. Asnações européias, principalmente a britânica, a espanhola, a francesa, a holandesa e a portuguesa, viram-se efetivamente com o domínio e a conquista de enormes áreas e de milhões de pessoas de quem quase nada sabiam. Os primeiros impérios, o espanhol e o português confiaram o papel de conhecer e compreender esses povos conquistados à Igreja Católica Romana. Os missionários, principalmente os jesuítas,realizaram mesmo numerosas pesquisas de caráter antropológico. Existe, porém, uma distinção fundamental entre o papel de um missionário e o de um antropólogo. O missionário vem ensinar a ideologia e a fé européias a um povo não-europeu. O antropólogo vem aprender o que esse mesmo povo tem para ensinar a si e à sua própria sociedade. O interesse do missionário é essencialmente pragmático, emboratenha havido exceções muito valiosas. Ele procura conhecer um povo a fim de mudá-lo e, na maioria dos casos, dominá-lo. Devido a esta profunda contradição dentro do campo missionário, muitos de seus elementos antropológicos, foram finalmente reprimidos, especialmente quando os missionários mais profundamente envolvidos começaram a defender esse mesmo povo contra os próprios interesses imperiais que ossustentavam. Esta foi uma das principais razões da expulsão dos jesuítas da América Latina no século XVIII. Os britânicos, franceses e holandeses estavam, contudo, muito menos interessados na religião que no comércio. Não é por acaso que muitos dos maiores antropólogos vieram desses países. Alguns dos melhores antropólogos do século XIX estavam abertamente a serviço do governo imperial. Por...
tracking img