Antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (547 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
“Ganhar o Pão”
A maioria dos portugueses trabalhava nos serviços do estado, uma terça parte na pesca e o resto na agricultura. Antigamente não era assim, a maior parte da população trabalhavana agricultura, poucos nos serviços e a maioria na pesca.
Mais de metade da população trabalhava na terra sem nenhum desenvolvimento, usavam os meios rurais, como a enxada, a foice, o arado, entreoutros, tendo apenas como único objectivo, a sobrevivência.
A indústria europeia sofre um grande desenvolvimento, necessitando assim de forte e abastada mão-de-obra, como os portugueses ansiavam poruma vida melhor optam pela emigração para a Europa e Africas.
Em 1959, Portugal aderiu à E.F.T.A., novas marcas apareceram como a Singer, sendo desta altura os industriais do calçado e doconcentrado de tomate, surgindo também as indústrias de construção
Com a adesão de Portugal à E.F.T.A. surge a entrada de capitais para o desenvolvimento industrial, sendo as principais a metalomecânicae têxtil. Começaram assim a desenvolver-se as necessidades da população com o surgimento de electrodomésticos, carros, melhores salários, formação profissional e a esperança de melhores condições devida. As novas industrias desenvolveram horários, novas culturas e novas vidas.
Nos anos 60 deu-se a revolução turística, pois, a praia e o calor foram descobertos pelos habitantes do norte daEuropa. Mas nesta caminhada gloriosa algo não bateu certo, pois não houve formação suficiente, industrialização e assim fomos ultrapassados pelos outros países.
Em 1966 a C.E.E. traz vantagenseconómicas, novas oportunidades e surgem novas empresas. Contudo Portugal desperdiça as oportunidades, a pouca modernização na indústria e na agricultura leva à falência estes sectores. Portugalproduzindo pouco para o que consome desperta a falta de mão-de-obra e o desemprego.
Produtores da Europa aproveitam para virem desenvolver as suas indústrias, como por exemplo, o vinho. Portugal...
tracking img