Ansiedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1145 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
http://www.hcnet.usp.br/ipq/revista/vol25/n6/ansi256a.htm
Laura Helena S. G. Andrade 1 e Clarice Gorenstein 2
|O QUE É ANSIEDADE |


A ansiedade é um estado emocional com componentes psicológicos e fisiológicos, que faz parte do espectro normal das experiências humanas, sendo propulsora do desempenho. Ela passa a ser patológica quando é desproporcional à situação que adesencadeia, ou quando não existe um objeto específico ao qual se direcione.
Os transtornos de ansiedade estão entre os transtornos psiquiátricos mais freqüentes na população geral, com prevalências de 12,5% ao longo da vida, 7,6% no ano e 6% no mês anterior à entrevista (Andrade et al.,1998). Além dos transtornos serem muito freqüentes, os sintomas ansiosos estão entre os mais comuns, podendo serencontrados em qualquer pessoa em determinados períodos de sua existência. Aubrey Lewis (1979), após uma longa revisão sobre a origem e o significado da palavra ansiedade, lista as seguintes características:
1. é um estado emocional, com a experiência subjetiva de medo ou outra emoção relacionada, como terror, horror, alarme, pânico;
2. a emoção é desagradável, podendo ser uma sensação de morteou colapso iminente;
3. é direcionada em relação ao futuro. Está implícita a sensação de um perigo iminente. Não há um risco real, ou se houver, a emoção é desproporcionalmente mais intensa;
4. há desconforto corporal subjetivo durante o estado de ansiedade. Sensação de aperto no peito, na garganta, dificuldade para respirar, fraqueza nas pernas e outras sensações subjetivas.
Além disso,Lewis (1979) salienta que existem manifestações corporais involuntárias, como secura da boca, sudorese, arrepios, tremor, vômitos, palpitação, dores abdominais e outras alterações biológicas e bioquímicas detectáveis por métodos apropriados de investigação. Esse mesmo autor lista alguns outros atributos que podem ser incluídos na descrição da ansiedade. A ansiedade pode:
1. ser normal (p.ex. umestudante frente a uma situação de exame) ou patológica (p.ex. nos transtornos de ansiedade);
2. ser leve ou grave;
3. ser prejudicial ou benéfica;
4. ser episódica ou persistente;
5. ter uma causa física ou psicológica;
6. ocorrer sozinha ou junto com outro transtorno (p.ex. depressão);
7. afetar ou não a percepção e a memória.
Como pode notar, o conceito de ansiedade não envolve um construtounitário, principalmente no contexto psicopatológico. A ansiedade pode ser generalizada ou focada em situações específicas, como nos transtornos fóbicos. A ansiedade não-situacional pode ser pervasiva, podendo ser um estado de início recente ou uma característica persistente da personalidade do indivíduo.
 
|[pic] |
|COMO MEDIR A ANSIEDADE|


Como vimos, o termo ansiedade abrange sensações de medo, sentimentos de insegurança e antecipação apreensiva, conteúdo de pensamento dominado por catástrofe ou incompetência pessoal, aumento de vigília ou alerta, um sentimento de constrição respiratória levando à hiperventilação e suas conseqüências, tensão muscular causando dor, tremor e inquietação e uma variedade dedesconfortos somáticos conseqüentes da hiperatividade do sistema nervoso autonômico. Algumas escalas tentam cobrir todos esses aspectos da ansiedade, mas a maioria enfatiza um ou outro.
Quando uma determinada escala for escolhida para medir a ansiedade, deve-se ter em conta quais aspectos a escala em questão estará medindo. Existem escalas que medem a ansiedade normal e escalas que medem a ansiedadepatológica. Uma outra distinção importante está entre escalas ou instrumentos com finalidade diagnóstica e escalas de quantificação de intensidade ou gravidade em sujeitos já diagnosticados, utilizadas para avaliação de tratamentos. A interpretação dos resultados pode ser muito diferente se uma escala ou outra for utilizada. É necessário dispor-se das informações básicas a respeito dos valores...
tracking img