Anomalias do sistema urinario

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2902 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CISTITE

Cistite é o nome que se dá para doenças inflamatórias e/ou infecciosas da bexiga. As cistites mais frequentes são causadas por germes oriundos do nosso trato intestinal. Uma delas é a bactéria conhecida por Escherichia coli.
A mesma encontra-se nas fezes. Em situações especiais, essa bactéria migra contaminando a região perineal (área onde se localizam os órgãos genitais). Após umperíodo de multiplicação, essa bactéria pode invadir a uretra e se localizar na bexiga, causando uma cistite infecciosa. Essa situação é mais fácil de acontecer nas mulheres, devido principalmente, a causas anatômicas.
Outros tipos de agentes infecciosos podem também causar cistite como, por exemplo, o bacilo de Koch. Nesse caso, temos uma cistite tuberculosa. Em pacientes imuno deprimidos(pacientes aidéticos-soropositivos ou portadores do vírus HIV) ou sob quimioterapia, é comum as cistites por fungos. Existem cistites não infecciosas, de causa inflamatória.
Pacientes que se submetem à radioterapia de órgãos pélvicos (útero, próstata) podem adquirir uma inflamação vesical que é chamada de cistite rádica. Outro tipo de cistite não rara é a cistite intersticial de causa desconhecida.
Éuma inflamação crônica, insidiosa, com a tendência de diminuir a capacidade da bexiga, trazendo dor e desconforto para a paciente.
As cistites infecciosas são causadas por fatores anatômicos predisponentes, por fatores constitucionais e genéticos, por instrumentação do aparelho urinário (uso de sondas uretrais), por cirurgias sobre o aparelho urinário, por doenças do aparelho urinário ("pedras"),pela atividade sexual, pela presença de corrimento vaginal.
Nos homens, depois dos 50 anos, o crescimento da próstata e consequente retenção de urina na bexiga pode causar cistite.

O que se sente e como se manifesta?
Os pacientes com cistite queixam-se de aumento da frequência das micções (polaciúria), de urgência miccional (micção imperiosa), dor na bexiga (cistalgia), de ardência edificuldade para urinar (disúria). A urina pode apresentar odor característico como também sangue. Desconforto geral, dores lombares baixas, irritação, podem acompanhar o quadro. Febre geralmente não acompanha as cistites no adulto. A hipertermia (febre) leve ou moderada pode estar presente nas crianças.

Como se faz o diagnóstico?
A história do paciente é importante na localização do órgãoenvolvido. O exame qualitativo de urina nos dá ideia da quantidade de leucócitos, hemácias e densidade. Entretanto, o exame mais importante é a urocultura com antibiograma (para identificar o agente infeccioso e orientar o tratamento).
Tratamento:
As cistites infecciosas são tratadas com antibióticos de acordo com o resultado da urocultura. Se uma causa for encontrada, essa deverá ser eliminada (porexemplo, um cálculo renal). As cistites não infecciosas são mais complexas no que tange ao seu tratamento. Analgésicos, anti-inflamatórios, mio relaxantes, anti-espasmódicos, anestésicos locais são recursos muito utilizados. Medidas gerais também funcionam como calor local, alcalinizantes da urina, chás. Em situações extremas, como na cistite intersticial avançada, a bexiga é removida do paciente.Recomendações:
* Beba muita água. O líquido ajuda a expelir as bactérias da bexiga;
* Urine com freqüência. Reter a urina na bexiga por longos períodos é uma contra-indicação importante. Urinar depois das relações sexuais favorece a eliminação das bactérias que se encontram no trato urinário;
* Redobre os cuidados com a higiene pessoal. Mantenha limpas a região da vagina e do ânus. Depois deevacuar, passe o papel higiênico de frente para trás e, sempre que possível, lave-se com água e sabão;
* Evite roupas íntimas muito justas ou que retenham calor e umidade, porque facilitam a proliferação das bactérias;
* Suspenda o consumo de fumo, álcool, temperos fortes e cafeína. Essas substâncias irritam o trato urinário;
* Troque os absorventes higiênicos com frequência para evitar o...
tracking img