Anjo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (342 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
As Desigualdades analisada no Brasil
Uma segunda explicação estava vinculada á questão racial e á mestiçagem.Vários autores críticos ferrenhos da mestiçagem e consideravam que os mestiçosdemonstravam a "degeneração e a falência da nação" ou que eram"decaídos,sem a energia física dos ascendentes selvagens, sem a altitude intelectual dos ancestrais superiores".
Entretanto, dois autores daquelaépoca faziam análises diversas: Joaquim Nabuco e Manoel Bonfim.
Nabuco afirmava que, graças á raça negra, havia surgido um povo no Brasil, mas que a escravidão e o latifúndio geravam verdadeiras"colônias penais" no interior,pois os latifundiários eram refratários ao progresso e apenas permitiram que os mestiços vivessem como agregados e seus dependentes,na miséria e ignorância.

Bonfim,por suavez,via o sertão nordestino como uma "terra de heróis".Dizia que as populações do interior tinham muita força, cordialidade e uma capacidade de atuar coletivamente, seja pelo uso comum de suas posses.A pobreza seria sempre um dos elementos essenciais dessa explicação,e uma decorrência da escravidão ou da mestiçagem.As chamadas "classes baixas" constituíam-se de pessoas que normalmente,nascidades,eram consideradas perigosas e,no interior,apáticas,doentes e tristes.

Conforme a cientista social brasileira Márcia Anita Sprandel, a primeira tentativa de explicar a pobreza no Brasil,Afirmava-se que o brasileiro era preguiçoso, indolente, supersticioso e ignorante porque a natureza tudo lhe dava: frutos, plantas, solo fértil, etc.
Uma segunda explicação estava vinculada à questãoracial e à mestiçagem. Vários autores foram críticos ferrenhos da mestiçagem e consideravam que os mestiços demonstravam a “degeneração e falência da nação” ou que eram “decaídos, sem a energia física dosascendentes selvagens, sem a altitude intelectual dos ancestrais superiores.”
A maioria dos cientistas, políticos, juristas e intelectuais desenvolveram teorias racistas e deterministas para...
tracking img