Anencefalia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (418 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Anencefalia é a ausência de grande parte do cérebro e do crânio.Também chamada de aprosencefalia com crânio aberto, a anencefalia é um defeito do tubo neural que ocorre nos primeiros estágios dodesenvolvimento do feto (entre o 16o e o 26o dias). Esta é a malformação fetal mais comumente relatada. Os defeitos do tubo neural envolvem o tecido que cresce dentro do cérebro e da medula espinhal. Obebê pode apresentar algumas partes do tronco cerebral funcionando, garantindo apenas algumas funções vitais do organismo. A anencefalia é fatal. Com raríssimas exceções, bebês com anencefalia têmexpectativa de vida muito curta.
A anencefalia acontece quando a parte superior do tubo neural não consegue se fechar. Não se sabe por que isso ocorre. As causas possíveis incluem toxinas ambientais ebaixa ingestão de ácido fólico durante a gravidez. A anencefalia ocorre em cerca de 4 a cada 10 mil nascidos. O número exato é desconhecido, porque em muitos dos casos ocorre o aborto natural. Mãesdiabéticas têm seis vezes mais probabilidade de gerar filhos com anencefalia. Mães muito jovens ou com idade avançada também têm o risco aumentado.
A malformação fetal pode ser diagnostica com precisão apartir da 12a semana de gestação, quando a ultrassonografia já permite a visualização do segmento cefálico do feto e a quantidade de líquido amniótico. A presença de muito líquido amniótico, umacondição conhecida como polihidrâmnio, pode sugerir problemas com a gravidez. No feto, os sintomas são:
• Ausência de crânio
• Ausência de cérebro (hemisférios cerebrais e cerebelo)
• Anormalidades dascaracterísticas faciais, e
• Defeitos do coração
O caso Marcela
Um dos casos mais famosos de anencefalia é o da brasileira Marcela de Jesus, de Patrocínio Paulista. Marcela não tinha córtexcerebral, apenas o tronco cerebral, que garantia funções básicas como respiração e batimentos cardíacos. Contra todos os prognósticos, Marcela viveu 1 ano, 8 meses e 12 dias.
A anencefalia pode ser...
tracking img