Anencefalia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (288 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Atua sempre gerando bastante polemica, o episodio dos bebês anencéfalos, e a exemplo das opiniões mais diversas possíveis, percebe-se o grau de facilidade com que seexpressam as palavras a respeito do assunto; Mas como saber, se não, pois quem vive, quem sente culpa (mesmo infundada) por não poder prover, quem sente aresponsabilidade da escolha e o sofrimento das conseqüências;Somente estas vidas saberão nos dizer, nos mostrar seus olhares castigados pela triste realidade.Quem poderá usarpalavras para ditar, estas que podem ferir ou consolar, quem de nós poderá julgar ou tentar imaginar? Somente estas vidas poderão nos dizer, desabafar em nós aos prantos suaslágrimas e nos contar sobre o castigo da dor.Quem poderá criar as regras? Impor limites, questionar meios, fins ou princípios? E sentir ainda o sentimento vivido a cadaminuto desta gestação e suas sensações físicas naturais em paradoxo com a morte de seu nascimento.Quem de nós poderá sentir fisicamente um chute dentro da barriga, umcorpo que se acomoda em nosso ventre e se alimenta do nosso amor, só que este corpo também sofre e tem os dias contados. Quem de nós poderá enxergar nos dias modernosatuais, em fotos tridimensionais a imagem de um filho pela metade, de um feto sem a cabeça, de um corpo que COM DIREITO A SOBREVIVÊNCIA certamente haveria de ser cuidadopor toda a eterna vida, fisicamente perfeito ou não.Porém fatalmente condenado a morte, resta aos pais e a todos que já o amam uma contagem regressiva para o ato deseu nascimento e de sua morte, ou a escolha de antecipar sua partida para evitar sofrimento para ambos, visto que para estes bebês jamais haverá vida fora da barriga.
tracking img