Anelideos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4745 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANELÍDEOS - MOLUSCOS ARTRÓPODES














Componente: Ana Carolina de Souza lana







Trabalho realizado para o cumprimento parcial da disciplina Biologia, coordenado e orientado pelo professor .









11 DE JULHO DE 2012 – E.E. LUIS DE BESSA – BELO HORIZONTE - MG.
SUMÁRIO

1 - Introdução

2 -Desenvolvimento

1 - Anelídeos


1 - Classificação


2 - Artrópodes


1 - Características Gerais


2 - Classificação


3 - Moluscos


1 - Características Fisiológicas e Morfológicas


2 - Ecologia dos Moluscos


3 - Classificação


3 - Conclusão

4 - Bibliografia1- Introdução


Tentar-se-à mostrar neste trabalho uma ampla e abrangedora pesquisa sobre os temas destacados: Anelídeos, moluscos e artrópodes. Tentando interar o leitor de todos os assuntos envolventes na questão tanto de alimentação, sobrevivência, órgãos, formatos, doenças, além de destacar as mais ínfimas informações sobre o meio ambiente em que o tal viva.
Mostrar-se-à o quetem de melhor na área da pesquisa, no mundo em que estamos vivendo, aproveitando os maiores avanços da tecnologia atual, tanto na área da computação gráfica, tanto na área da biologia. Sempre lembrando que estas informações são as mais atuais possíveis.































2 - Desenvolvimento

1 - Anelídeos


Muito comuns nas hortas eterrenos úmidos, as minhocas estão entre os mais conhecidos anelídeos. O húmus, camada fértil do solo, é em grande parte produto da ação das minhocas, por isso chamadas de "arados da natureza".
Os anelídeos constituem um filo do reino animal que compreende os vermes mais evoluídos. Seu nome deriva do fato de ter o corpo dividido em segmentos ou "anéis", peculiaridade que o aproxima dosartrópodes, também segmentados. As semelhanças entre anelídeos e artrópodes levaram alguns autores a reunir os dois grupos em um único filo, o dos articulados.
Acredita-se que os anelídeos primitivos tinham o corpo constituído de segmentos iguais, com os mesmos órgãos. De fato, mesmo nos anelídeos atuais, todos os segmentos são atravessados pelo tubo digestivo e pelos vasos sangüíneoslongitudinais. Apresentam um par de nefrídios, uma ampla cavidade celomática e um par de gânglios nervosos unidos aos dos outros segmentos por nervos longitudinais. Entretanto, a segmentação nunca é totalmente homogênea, pela tendência de alguns órgãos a se concentrarem em certos segmentos. Assim, os órgãos reprodutivos ficam geralmente confinados à região mediana do corpo, e os sensoriais, à região anterior(cefálica).


[pic]




2.1.1 - CLASSIFICAÇÃO

Na maioria dos anelídeos, a superfície do corpo apresenta cerdas, o que serve de base para a divisão do filo em três classes: poliquetos, oligoquetos e aquetos.
Poliquetos. Com grandes tufos de cerdas (parápodes) implantadas em expansões laterais do corpo, os poliquetos são, em geral, marinhos, mas existem algunsde água doce. Muitas espécies são planctônicas, ou seja, vivem flutuando passivamente; outras arrastam-se por entre as rochas do fundo; e outras ainda vivem dentro de tubos por elas mesmas construídos. Seu tamanho varia de milímetros até um ou dois metros, como certos representantes da ordem dos eunicídeos, conhecidos como "minhocão dourado" ou "dourada", pelo aspecto iridescente do corpo.Oligoquetos. Apresentando em cada segmento uma fileira circular de cerdas curtas, muitas vezes incompleta, os oligoquetos compreendem os anelídeos vulgarmente chamados de minhocas, cujo tamanho também varia de milímetros até cerca de dois metros, como nos minhocuçus (família dos megascolecídeos) das florestas brasileiras. Segundo Charles Darwin, as minhocas, em condições favoráveis, podem...
tracking img