Androginia e a moda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4395 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário
1.0 – Introdução 2
2.0 – O que é Androginia? 3
3.0 – Androginia Segundo a Psicanalise 4
4.0 – Androginia e as artes 5
4.1 – Pintura 5
4.2 – Literatura 7
4.3 – Música 8
5.0 – Androginia e a Moda 12
6.0 – Conclusão 20
7.0 – Bibliografia 21

“Ser um homem feminino,
não fere o meu lado masculino.
Se Deus é menino e menina,
Sou masculino e feminino”
PepeuGomes

1.0 – Introdução

Em um mundo em que a sexualidade é um assunto ainda controverso, a androginia vai além do controverso e busca quebrar barreiras, ofuscando a diferenciação dos sexos e indo em direção à homogeneização ou libertação das antigas concepções do que é homem ou mulher.
Nesta dissertação, buscaremos evidenciar os diferentes pontos de vista em relação à androginia, desde aárea médica até a área artística, mostrando a diferenciação de tratamento feito pelas comunidades em relação ao assunto e como a androginia evoluiu através do tempo.
Faremos uma analise técnica e comportamental sobre os pensamentos e o uso da androginia em meio à sociedade.

2.0 – O que é Androginia?

“Androginia, no seu sentido mais amplo, pode ser definida como o Um que contem os Dois, omasculino (andro) e o feminino (gyne).” (Singer, 1990)
Podemos determinar como andrógino, aquele que, de maneira especifica reúne características físicas e comportamentais, masculinas e femininas em um único ser humano. Sendo assim, difícil de distinguir seu gênero apenas pela aparência.
Segundo a mitologia, descrito no livro “O Banquete” de Platão, define o amor como a junção de duas partes quese completam, constituindo um ser andrógeno que, em seu caminhar giratório, perpetua a existência humana.
Nesta obra, Platão lista três tipos de seres humanos: os andros (masculinos), os gynos (femininos) e os androgynos (metade masculino, metade feminino) todos com extrema força e vigor. Ao ousar enfrentar os deuses, Zeus resolveu separa-los, deste modo, humilhando o orgulho da humanidade.Após a divisão, cada uma de suas partes ansiava pela outra metade, e a ela se unia. Morriam de fome e de inercia por nada quererem fazer longe da outra. E sempre que uma metade morria, a outra restava e partia em busca de uma nova companhia, desta forma, iam se destruindo. Até que Zeus se compadeceu e concebeu um novo plano: mudou os órgãos sexuais para frente, que passaram a lançar suas sementes nãomais na terra, mas um no outro, para que no enlace entre o homem e a mulher gerassem e constituíssem a raça. O andrógino primordial, às vezes sofriam novas fragmentações. Quando os homens foram separados dos outros homens, criou-se a raça dos homossexuais. E da mesma forma as mulheres que foram separadas das mulheres criou a raça das lésbicas.
“O andrógino de Platão tenta explicar, de um pontode vista psicológico, porque os seres humanos parecem precisar um do outro de uma maneira tal que supera as exigências de mera sexualidade ou reprodução, do companheirismo ou do convívio social.” (Singer, 1990)
A androginia não é hermafroditismo nem bissexualidade embora confundida com esses conceitos.
O termo hermafroditismo aplica-se a anormalidade fisiológica, onde uma pessoa ostentacaracterísticas sexuais do sexo oposto. O termo bissexualidade aplica-se a uma condição psicológica, a falta de clareza na identificação sexual, em dado momento de sua vida adulta sentiram uma forte atração sexual por membros de ambos os sexos.
“O novo andrógino não se sente confuso quanto a sua identidade sexual. Homens andróginos manifestam uma sexualidade masculina natural, espontânea e desinibida,enquanto mulheres andrógenas podem ser totalmente femininas em sua própria sexualidade.” (Singer, 1990)
Outro conceito que gera confusão é a diferença entre androgenia e androginia. No qual androgenia se refere apenas aos fatores que originam ou que estimulam os caracteres masculinos.
A expansão da consciência andrógina deve-se, em grande parte, ao movimento feminista que expos a repressão...
tracking img