Analise textual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2500 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNCESI
FUNDAÇÃO COMUNITÁRIA DE ENSINO SUPERIOR DE ITABIRA
FACCI – FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS DE ITABIRA

ANÁLISE TEXTUAL – POESIA, TEXTO HUMORÍSTICO E CONTO

Rachel Fabiana Gabrich Campos

Itabira
2012
FUNCESI
FUNDAÇÃO COMUNITÁRIA DE ENSINO SUPERIOR DE ITABIRA
FACCI – FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS DE ITABIRA

ANÁLISE TEXTUAL – POESIA,TEXTO HUMORÍSTICO E CONTO

Trabalho apresentado à disciplina de Português Instrumental, com o tema Poesia e Conto, da professora Cláudia Mara.

Itabira
2012

POESIA

SONETO DA SEPARAÇÃO

De repente do riso fez-se o pranto 
Silencioso e branco como a bruma 
E das bocas unidas fez-se a espuma 
E das mãos espalmadas fez-se o espanto. 

De repente da calma fez-se o vento 
Que dos olhosdesfez a última chama 
E da paixão fez-se o pressentimento 
E do momento imóvel fez-se o drama. 

De repente, não mais que de repente 
Fez-se de triste o que se fez amante 
E de sozinho o que se fez contente. 

Fez-se do amigo próximo o distante 
Fez-se da vida uma aventura errante 
De repente, não mais que de repente.

Vinicius de Moraes

TEMA: Este poema é um dos mais popularesescritos por Vinicius de Moraes, e através do soneto ele conseguiu passar seus sentimentos e transmitir emoção. Este soneto pertence à segunda fase de seu trabalho, em que o poeta enxerga de modo particular seu sentimento amoroso. Fala sobre a separação de um casal, mas pode significar também separação de amigos familiares. Mostra como podemos mudar nossos sentimentos de repente, pois somos seressujeitos a mudança de comportamento. O poema se intitula “Soneto de separação”. Trata-se de uma separação amorosa, conforme comprova o 3º verso do poema:

 “E das bocas unidas [...]”. 

AUTOR: Marcus Vinícius da Cruz e Melo Moraes, natural do Rio de Janeiro, nascido em 19/10/1913 e falecido em 09/07/1980 (Modernismo Brasileiro), poeta que, nos anos sessenta, emigrou para a Música PopularBrasileira, pode ser classificado como um dos mais belos autores da poesia brasileira. 

ESTRUTURA: O soneto é decassílabo com rimas alternadas e emparelhadas. Vinícius de Moraes emprega um único tempo: o pretérito perfeito no modo indicativo, representado pelo verbo fazer (fez/desfez). Podemos fazer uma relação entre o tempo verbal e o tema do soneto, que o fato (separação) já o correu e, portanto éuma ação acabada.

LINGUAGEM: A antítese (figura de linguagem que se constrói a partir da oposição de idéias) é uma figura de linguagem bem marcante em todo o soneto. "... do riso fez-se o pranto". O poema é quase todo composto com antíteses. Há as seguintes relações antitéticas que se dão ao longo dos dois quartetos de dois tercetos, assim: 
·  riso x pranto; 
·  calma x vento; 
·  triste xcontente; 
·  próximo x distante. 
Os empregos das antíteses revelam as mudanças na relação amorosa que se processam de uma forma abrupta e inesperada. Há outro recurso, num belíssimo arranjo de antíteses, que o poeta utiliza para acentuar o dinamismo que caracteriza o poema: o emprego da forma verbal "Fez-se" e de sua forma contrária "desfez".
Às vezes, para descrever certos sentimentos, alinguagem denotativa não é suficiente. O poeta 
emprega, então, a linguagem figurada, conotativa, poética. 
“De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
Fez-se da vida uma aventura errante”
O autor usou uma metáfora (figura de linguagem) nos versos acima.
“fez-se o pranto / Silencioso e branco como a bruma” 
Foi usada a comparação (figura de linguagem).
“Derepente do riso fez-se o pranto” →  O pranto fez-se do riso de repente
“Que dos olhos desfez a última chama” →  Que desfez a última chama dos olhos 
“Fez-se de triste o que se fez amante” →  O que se fez amante fez-se de triste
Foi usada a inversão (figura de linguagem).

GÊNERO/ TIPO TEXTUAL: Trata-se de um soneto onde predomina o gênero lírico que é o gênero dramático, caracterizado,...
tracking img