Analise nietzsche

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (544 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Nietzsche foi um filósofo alemão do século XIX. Sua filosofia falava de temas como a cultura ocidental, e trazia um grande projeto antropológico, uma nova concepção humana, um novo modo de ser.Nietzsche critica o uso da racionalidade, contrariando as ideias de Kant e Descartes, e questiona as propostas do cristianismo, que, segundo ele, enfatiza o lado fraco do espírito humano e também se opõeao socialismo por acreditar que, ao defender uma igualdade entre os homens, desqualifica a verdadeira qualidade do espírito humano.
Ele dizia que o homem é um ser voluntarioso, poderoso, e que quer edeve defender sua condição de condutor de sua própria existência. Sua proposta é a do surgimento de um homem superior, que devia ser um espírito livre e deveria exercer sua própria vontade, e não sedeixar dominar por nenhuma força externa a sua vontade, o que originaria o “super-homem”. Para ele, promover esse homem superior deve ser o papel da educação. Ele critica que a educação tende apadronizar os indíviduos, como se todos os indivíduos devessem ter o mesmo desempenho, e acha que deveria existir uma pedagogia que ao invés de padronizar, traria uma formação diferenciada, uma formaçãocom expansão dos indivíduos. Ao falar da educação, Nietzsche se refere a três tipos de egoísmo: o dos comerciantes, que preside o nosso relacionamento comercial, onde se visa o lucro, o ganho, a usura;o do estado, que é o do espirito publico que tende a introduzir na vida social uma igualdade de pessoas menores, dominadas pelas imposições dos partidos, da burocracia; o da ciência, na medida que elase considera único conhecimento válido, vendo a cultura apenas como resultado do progresso científico, desconhecendo os principais valores da existência humana, que foram sufocados pela tradiçãocultural racionalista do ocidente.
A autonomia foi cultivada tanto por Nietzsche quanto pelos Iluministas, como Kant, porém eram cultivadas de modos diferentes. Para Kant, a autonomia se fundamentava...
tracking img