Analise financeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4147 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
•Auditoria Interna
é uma função contínua, completa e independente, desenvolvida na empresa, por pessoal desta, consistindo em verificar aexistência, o cumprimento, a eficácia e a optimização dos controlos internos, facilitando o cumprimento dos seus objectivos.


OBJECTIVOS

Avaliar as condições de exploração e os resultados, identificar oportunidades para introduzir melhorias através decompetentes recomendações e verificar os sistemas de informação e de organização e métodos.



Normas e Práticas Profissionais de Auditoria Interna

As Normas de Auditoria Geralmente Aceites (NAGA) representam as regras básicas a serem observadas no desenvolvimento de uma auditoria, visando a qualidade do trabalho executado. São normas com carácter uniforme (não podem variar de exame paraexame) e de aplicação e aceitação geral. As normas de auditoria são aplicadas a qualquer actividade profissional e têm fundamentalmente a ver com a qualidade do trabalho executado, as qualidades profissionais dos auditores bem como a elaboração dos respectivos Pareceres. As primeiras normas de Auditoria tiveram a sua origem nos Estados Unidos em 1922, aquando da crise da Bolsa de Valores de NovaYork, em que o Governo considerou necessário regulamentar a apresentação das D/F das empresas a fim de proporcionar maior segurança no investidor.

Em 1951, foi fundada a Union Européene des Comptables, Economiques et Financiers – UEC, agrupando profissionais de auditoria dos Institutos Europeus. Em 1986, na Convenção de Lausana, a UEC passou a estar integrada na Fédération des Experts ComptablesEuropéens – FEE, que representa actualmente e em exclusivo a profissão de auditoria na Europa e constitui o único meio consultivo em relação às autoridades da União Europeia – UE, que promove e harmoniza a prática de Auditoria, tanto no sector privado assim como no sector público. Em 1977, foi fundada a International Federational of Accounts – IFAC, com o objectivo de alcançar a partir das normasharmonizadas, o desenvolvimento e promoção da profissão de Auditoria, coordenada a nível mundial.

As 10 Normas de Auditoria Geralmente Aceites em vigor foram adoptadas em 1948 pelo Instutitute of Certified Public Accountants – AICPA e subdividem-se em três grandes grupos:

1. normas gerais,
2. normas relativas à execução do trabalho
3. normas para a elaboração de relatórios.



1.Normas Gerais

• O auditor deve ter formação técnica e capacidade profissional, isto é, o exame deve ser realizado por uma pessoa que tenha adequado treino e competência como auditor; Docente: Guilhermina Notiço – Auditoria Inerna, 2011. Page 1

• O auditor deve assumir uma postura de absoluta independência e objectividade, ou seja, deve ser mantida pelo auditor uma independência mental em todosos assuntos relativos ao exame;

• O auditor deve ter consciência profissional na execução do trabalho e na elaboração da informação.





Normas relativas à Execução do Trabalho

• O trabalho deverá ser devidamente planeado e, existindo colaboradores, supervisionado;

• Deverá realizar-se um adequado estudo de avaliação dos controlos internos existentes, com o objectivo de determinaro grau de confiança nos mesmos, a fim de determinar a extensão e profundidade dos procedimentos de Auditoria;

• Deverá obter-se a prova adequada e suficiente, mediante diferentes procedimentos, com o objectivo de opinar acerca das D/F sujeitas a exame. A prova pode ser obtida através de inspecções, observações e confirmações.

Normas para a Elaboração de Relatórios

• No relatório, oauditor deverá expressar se as D/F foram preparadas de acordo com os PCGA;

• O relatório deve mencionar se tais princípios têm sido consistentemente observados no período do exame em relação ao período anterior;

• O auditor deverá considerar se a informação contida nas D/F se encontra adequada, excepto se o relatório expressar o contrário;

• O auditor deverá exprimir no relatório, a opinião...
tracking img