Aminas e cianetos - descarte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2327 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE TECNOLÓGICA

ANGÉLICA RIBEIRO
CAROLINA DE ARAÚJO
MONIQUE CARVALHO DE SANTANA
NATHALIA ASSUMPÇÃO MACHADO
SABRINA DE FONTES CARNEIRO DE LIMA
THAYNÁ SCHINDLER PEDRÃO

AMINAS E CIANETOS

PRAIA GRANDE

29/02/2012
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 1
1. AMINAS 2
1.1- DEFINIÇÃO DE RESÍDUO 2
1.2- GERENCIAMENTO DE RESÍDUO NO LABORATÓRIO 31.3- TRATAMENTO DE RESÍDUO 4
1.4- DESCARTE DE RESÍDUO 5
2. CIANETOS 6
2.1- DEFINIÇÃO DE RESÍDUO 6
2.2- GERENCIAMENTO DE CIANETOS NO LABORATÓRIO 8
2.2.1- A SEGREGAÇÃO 0
2.2.2- O ACONDICIONAMENTO 0
2.2.3- MANUSEIO 0
2.3- TRATAMENTO DE CIANETOS 0
2.4- DESCARTE DE CIANETO 0
2.5- RESÍDUOS QUE PODEM SER DESCARTADOS DIRETAMENTE NA PIA 0
CONSIDERAÇÕES FINAIS 0REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 0


INTRODUÇÃO

O presente trabalho aborda os aspectos da descrição, gerenciamento, tratamentos e descarte dos resíduos químicos aminas e cianetos.
E de grande importância tal conhecimento para progressos em projetos laboratoriais no curso de processos químicos, alem de vivencias do próprio estudante fora do local e horário de seu exercício.

1. AMINAS
2.1-DEFINIÇÃO DE RESÍDUO
As aminas são compostos orgânicos nitrogenados que são obtidas através da substituição de um ou mais hidrogênios da amônia (NH3) por demais grupos orgânicos (radicais alquila ou arila). Elas possuem em sua fórmula geral o elemento Nitrogênio.
As aminas se encontram em condições ambientes na forma sólida, líquida ou gasosa, o que depende de sua estrutura. Aminas alifáticas comaté doze carbonos são líquidas, e as com mais de doze carbonos são sólidas, e todas elas são incolores. As líquidas são tóxicas e apresentam um cheiro desagradável “de peixe”, já as sólidas são incolores e inodoras.
As aminas existem em certos compostos vegetais e são formadas na decomposição de peixes. Primeiro ocorre à aniquilação do amoníaco, em seguida há a redução de vários compostosnitrogenados, isso é importante para obter matéria-prima para a produção de corantes.
São empregadas em sínteses orgânicas, como por exemplo, na vulcanização da borracha, na preparação de corantes e na fabricação de sabões, para produzir medicamentos.
As aminas terciárias são os catalisadores mais usados na manufatura de PU’s celulares e sólidos. Na fabricação das espumas de PU, aprincipal função das aminas terciárias é controlar as etapas de crescimento e gelificação da espuma. Todavia, as aminas terciárias também controlam as reações de formação de uréia, uretano/uréia, uretano/isocianato e isocianato/isocianato, tendo, como conseqüência, papel relevante nas propriedades finais da espuma. As aminas terciárias podem ser divididas em quatro classes de acordo com seu efeito naprocessabilidade e propriedades finais das espumas.

2.2- GERENCIAMENTO DE RESÍDUO NO LABORATÓRIO

No laboratório existem diversos tipos de proteção para evitar acidentes, como por exemplo: equipamento de proteção coletiva, que são as caixas de areia e extintores de incêndios, e equipamento de proteção individual, que são os óculos, luva, avental e toca. Para que os acidentes sejamminimizados ao máximo foram solicitadas algumas normas para o gerenciamento das substâncias químicas utilizadas no experimento, visando a segurança dos membros presentes no laboratório.
Quando é gerado um resíduo químico que derivou de um experimento no laboratório, o responsável técnico do experimento em questão, também é responsável pelos resíduos, logo tem o dever de identificar corretamente ocomposto residual discriminando o laboratório, o local, a data, o resíduo, a quantidade e o nome do responsável.
Depois de feito o procedimento de identificação, faz-se necessário a minimização do composto ou a recuperação do resíduo quando possível, caso não seja possível as aminas devem ser tratadas e descartadas corretamente de acordo com as normas de destruição desse resíduo.

2.3-...
tracking img