ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL COM SINTOMAS DE TDAH: A MOTIVAÇÃO ESCOLAR COM A PRÁTICA DE ATIVIDADES LÚDICO-RECREATIVAS BASEADAS NA PEDAGOGIA DO JUDO

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5776 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de janeiro de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL COM SINTOMAS DE TDAH:
A MOTIVAÇÃO ESCOLAR COM A PRÁTICA DE ATIVIDADES
LÚDICO-RECREATIVAS BASEADAS NA PEDAGOGIA DO JUDO
RESENDE, Fernando Antônio Henriques – UMCC
fahresende@pop.com.br
Eixo Temático: Diversidade e Inclusão.
Resumo
O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) afeta entre três a sete por cento
de crianças em idade escolar no mundo,ou seja, mais de dois milhões de alunos. É um
transtorno neurobiológico e se caracteriza por dificuldades em manter a atenção,
hiperatividade ou excesso de movimento e impulsividade ou dificuldades para controlar os
impulsos. Tais dificuldades se manifestam não só na vida acadêmica, mas também familiar,
pessoal e social. A atenção a estes alunos constitui um desafio pedagógico, pois demandamdos agentes educativos ações diferenciadas em prol do pleno desenvolvimento de suas
personalidades. A necessidade de favorecer a motivação escolar destes alunos, numa ótica de
respeito à diversidade, leva à busca de diversas alternativas e nos conduziu à elaboração do
seguinte problema de investigação: como favorecer a motivação escolar dos alunos do ensino
fundamental com sintomas de TDAH naEscola da Serra, cidade de Belo Horizonte, Minas
Gerais, através da prática de atividades lúdico-recreativas baseadas na pedagogia do judô? O
trabalho teve como principais referenciais os pressupostos teóricos e práticos da psicologia
aplicada ao TDAH, em especial os estudos de Barkley, a pedagogia histórico-cultural de
Vigotsky, assim como a filosofia pedagógica do judô, criada por JigoroKano. No processo de
investigação foram utilizados, entre outros, questionários, entrevistas e atividades práticas
norteadas pela pedagogia do judô. A análise estatística baseou-se em métodos descritivos e
nas provas de hipóteses, mediante utilização do Statistical Package for Social Science (SPSS).
Os resultados obtidos demonstraram que as atividades lúdico-recreativas baseadas na
pedagogia dojudô favoreceram a motivação desses alunos, os quais apresentaram melhorias
no âmbito escolar, familiar e social.
Palavras-chave: TDAH. Diversidade. Motivação escolar. Judô.

Introdução
Atualmente, as crianças chegam às escolas cada vez em mais tenra idade e, não raro,

9144

ficam sob a custódia da instituição por mais de um turno. No universo de alunos entre cinco e
oito anos, asexperiências deste autor, enquanto professor de Educação Física, e faixa preta de
judô, tem sido de constatação de um número crescente deles diagnosticados como portadores
de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Tais alunos, se não recebem o
auxílio da família, com o devido envolvimento de profissionais das áreas de saúde e
educação, e a atenção necessária por parte da escolae dos professores, muito possivelmente
sofrerão algum tipo de marginalização, o que poderá comprometer o desenvolvimento integral
almejado.
Assim, um dos desafios postos para a escola e os professores de nossos dias é
encontrar alternativas para acolher e trabalhar com tais alunos, respeitando-lhes a
individualidade e diversidade e estimulando-os a se tornarem seres humanos plenos.
Nessabusca, dentro de um programa de mestrado em Educação Superior da
Universidade de Matanzas Camilo Cienfuegos, em Cuba, delineou-se e desenvolveu-se a
pesquisa em questão.
Desenvolvimento
O TDAH é um dos distúrbios comportamentais mais diagnosticados em crianças.
Constitui a causa mais importante de fracasso escolar e de desajustes de conduta na infância,
podendo prevalecer na vida adulta.Caracteriza-se por níveis de desatenção, hiperatividade e
impulsividade não apropriados sob o ponto de vista evolutivo, os quais são de natureza
relativamente crônica (BARKLEY, 2007). Tem base neurobiológica e atua no
desenvolvimento do autocontrole, prejudicando a capacidade de controlar impulsos,
organizar-se em relação ao tempo, a prazos e ao futuro (FERREIRA, 2008).
Os sintomas básicos são:...
tracking img