Alfabetizar letrando: um grande desafio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1085 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de junho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
NOME DO CURSO



|Disciplina: |Fundamentos psico-pedagógicos do processo ensino-aprendizagem |
|Tutor: |Iara Cristina Camparis Degani |RA: |1123397 |
|Aluno(a): | Elisabeth Lettra de Souza |Turma:|2013 |
|Unidade: |Caraguatatuba |




Atividade Portifólio – Unidade 3Vygostky e as interações sociais

“Desde os primeiros dias do desenvolvimento da criança, suas atividades adquirem um significado próprio num sistema de comportamento social, e sendodirigidas a objetivos definidos, são refratadas através do prisma do ambiente da criança. O caminho do objeto até a criança e desta até o objeto passa através de outra pessoa. Essa estrutura
humana complexa é o produto de um processo de desenvolvimento profundamente enraizado nas ligações entre história individual e história social."

Inicio meu texto com esta citação do próprio autor por achar queela sintetiza tudo que vamos conversar a partir de agora.
Vygostky afirma que o pensamento e a linguagem do ser humano advém das interações sociais do indivíduo com o objeto, deste com o indivíduo e com as pessoas que o rodeiam.
Neste sentido ele atribui importância a algumas funções psicológicas tais como o brincar e o brinquedo, a percepção, a memória, a afetividade, a linguagem e aimitação, que serão definidos e qual o seu papel no processo educativo.
O brincar e o brinquedo: é através da brincadeira que a criança vivencia situações reais ou imaginárias. O brinquedo, para Vygostky mais que um prazer é uma necessidade. A brincadeira do faz-de-conta em que a criança brinca de casinha, de escolinha, cabo de vassoura como se fosse um cavalo, etc. serve para reproduzir ocomportamento social do adulto, em que, em seus jogos, a criança combina situações reais com as fantasiosas ( imaginação ). Porém, esta reprodução está inter-ligada aos conhecimentos prévios da realidade exterior que a criança têm. Portanto, quanto mais rica for a experiência humana, maior será o material para o imaginário que irá se revelar durante o brincar.
A percepção: para o autor percepção elinguagem estão ligadas. Ela é vista por Vygostky como um mundo de sentido e significado. “ a percepção é parte de um sistema dinâmico de comportamento, por isso, a relação entre as transformações dos processos perceptivos e as transformações em outras atividades intelectuais é de fundamental importância”. ( Vygosky, 1998, p 44)
O objeto é percebido como uma entidade completa e não como um amontoado deinformações captadas pelos sentidos. A percepção está relacionada ao percurso de desenvolvimento do indivíduo, ao seu conhecimento de mundo, as suas experiências vividas.
Memória: a memória é considerada como umas das funções psicológicas superiores, importante para o desenvolvimento do pensamento e na aquisição da linguagem , que também resulta da interação social. Não se realiza de formaisolada, mas, lado a lado, hierarquicamente com outras funções como percepção, raciocínio verbal, etc e na interação social.
A afetividade e a emoção: Vygostky classifica-as como influência da educação no sentimento, a energia subjacente à ação, regulando as trocas entre o sujeito e o objeto do conhecimento.
Para Vygostky “ A percepção é parte de um sistema dinâmico de comportamento, por isso, arelação entre as transformações dos processos perceptivos e as transformações em outras atividades intelectuais é de fundamental importância” ( Vygostky, 1998, p.44)
A linguagem: a criança aprende a usar a linguagem como instrumento de pensamento e como meio de comunicação, resultado das interações com o meio, com as pessoas que os rodeiam e com seu estágio de amadurecimento.
Imitação:...