Aidpi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3197 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
http://www.proec.ufg.br/revista_ufg/familia/J_aidpi.html

|
NASCIMENTO, A.; MENDES, E. F. S.; MORAIS, K. A.; SILVA, M. B.; HOLANDA, M. A. T.; BALIEIRO, T. P.; BARBOSA, M. A. - AIDPI como estratégia na melhoria do estado nutricional de crianças de 1 semana a menores de 5 anos e outros enfoques Revista da UFG, Vol. 6, No. Especial, dez 2004 on line (www.proec.ufg.br) |
|

| AIDPI COMOESTRATÉGIA NA MELHORIA DO ESTADO NUTRICIONAL DE CRIANÇAS DE 1 SEMANA A MENORES DE 5 ANOS E OUTROS ENFOQUES |
| Adélia Nascimento1, Edmary Freire Silveira Mendes2, Kleber Augusto Morais3, Manuela Barreto Silva4, Marcus André Torres Holanda5, Tatiana Paula Balieiro6, Maria Alves Barbosa7 |
  |   |
Resumo: Estudo bibliográfico que objetivou discutir a AIDPI como estratégia de melhoria do estadonutricional de crianças menores de cinco anos e investigar os principais enfoques da produção científica nos últimos seis anos. Os resultados demonstraram que a AIDPI é eficaz no controle da desnutrição infantil, melhoria da alimentação em lactentes e implementação de técnicas adequadas de alimentação complementar. Recomenda-se a capacitação de todos os profissionais envolvidos, assim como,implantação e avaliação da estratégia AIDPI nos serviços de saúde para controle da desnutrição infantil, bem como realização de outros trabalhos científicos acerca da AIDPI e seus reflexos na saúde infantil.
Palavras-chave: AIDPI; estado nutricional; transtornos da nutrição infantil.
Introdução
A desnutrição é uma condição patológica, inespecífica, sistêmica e reversível em potencial, que se originacomo resultado de uma deficiente utilização de nutrientes, pelas células do organismo, acompanhada de variadas manifestações clínicas de acordo com diversas razões e que se reveste de diferentes graus de severidade (BUCHELI, 1998).
A OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde), em um estudo realizado em 15 países da América, revelou que 54% das mortes ocorridas entre crianças menores de 5 anos deidade se deram a efeitos subjacentes à desnutrição. O desnutrido tem risco 8,4 vezes maior de morrer devido a enfermidades infecciosas do que uma criança bem alimentada, sendo que crianças com deficiência ponderal moderada e leve têm respectivamente 4,2 e 2,5 vezes maior probabilidade de morrer (OPAS, 1998).
No Brasil, três estudos nacionais avaliaram as prevalências da desnutrição em criançasmenores de cinco anos: O ENDEF (Estudo Nacional da Despesa Família) em 1974, a PNSN (Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição) em 1989 e a PNDS (Pesquisa Nacional Sobre Demografia de Saúde) em 1996. Nos três estudos, a forma crônica da desnutrição foi a mais prevalecente. As taxas nacionais encontradas para este tipo de desnutrição foram 32% em 1974, 15,4% em 1989 e 10,5% em 1996. No tocante às regiõesdo Brasil, a PNSN em 1996, mostrou que as regiões Norte e Nordeste apresentam as taxas mais elevadas de desnutrição (FERNANDES, 2002).
Segundo o autor supracitado, a prevalência da desnutrição crônica permanece alta nas regiões Norte (16,2%) e Nordeste (17,9%). Situação similar é encontrada em áreas de baixa renda das grandes cidades da região Sudeste. Ao comparar a população urbana e rural doBrasil, conclui-se que segue existindo um maior percentual de desnutrição crônica na zona rural.
Diante desta situação, a estratégia Atenção Integrada às Doenças Prevalentes da Infância (AIDPI), preconizada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e adotada pelo Ministério da Saúde do Brasil (MS) desde 1995, tem sido considerada uma importante ferramenta para otimizar o tempo destinado à atenção àscrianças que procuram os serviços de saúde (BRINGEL; OLIVEIRA, 2002).
“A estratégia AIDPI tem por finalidade promover a redução da mortalidade na infância, reforçar o conceito de integralidade da atenção à saúde da criança, fortalecer a capacidade de planejamento e resolução no primeiro nível da atenção, pondo à disposição do pessoal de saúde as ferramentas para a resolução adequada dos...
tracking img