Agricultura e seus impactos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2895 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL XXXXXXXXXXXXXXX

A AGRICULTURA E SEUS IMPACTOS

.............., 14 DE SETEMBRO DE 2011
ALUNOS: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

A AGRICULTURA E SEUS IMPACTOS

TRABALHO APRESENTADO À DISCIPLINA SGA
CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE
SOB A ORIENTAÇÃO DO PROF. XXXXXXXXXX

............... 14 DE SETEMBRO DE2011

SUMARIO

SUMARIO 3
1. INTRODUÇÃO 3
2. IMPACTOS AMBIENTAIS 4
2.1. A DEGRADAÇÃO DO SOLO 5
2.2. A POLUIÇÃO DAS ÁGUAS 6
2.3. POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA 7
2.4. CONTAMINAÇÃO HUMANA 7
2.5. OS TRANSGÊNICOS 8
3. MODELOS DE AGRICULTURA SUSTENTÁVEL 9
4. CONCLUSÃO 11
5. Referências Bibliográficas 12

1. INTRODUÇÃOEste trabalho visa expor de modo simples e objetivo o conceito de agricultura familiar e os impactos relacionados a esta atividade.
A agricultura familiar que antes era vista apenas como produção de baixa renda ou produção de subsistência, hoje esta reconhecida oficialmente como um ator social. Os agricultores são percebidos como uma nova concepção de agricultura diferente daagricultura patronal dominante no país.
Embora reconhecidos como importantes atores no desenvolvimento econômico do país, pesquisas revelam que a degradação ambiental tem acentuado as dificuldades de produção, destes agricultores. A erosão, a perda da fertilidade natural, do solo e a perda da capacidade de auto-recuperação da fertilidade da terra são fatores que tornam este segmento ainda maisvulnerável às intempéries climáticas e aos desafios do mercado de produtos agropecuários.
A perda de fertilidade natural ou a decadência produtiva da terra obrigam os agricultores a compensar esta queda na fertilidade com a intensificação do próprio trabalho ou com a utilização de recursos extras, que são bastante escassos para este tipo de produtor.
A degradação ambiental constitui assimuma das mais fortes ameaças a sustentabilidade da agricultura familiar.

2. IMPACTOS AMBIENTAIS

O processo de modernização agrícola, por um lado aumentaram a produtividade das lavouras, mas por outro, levaram a impactos ambientais consideráveis. Os problemas ambientais mais freqüentes, provocados pelo processo produtivo da monocultura foram: a destruição das florestas e dabiodiversidade genética, a erosão dos solos e a contaminação dos recursos naturais e dos alimentos.
O ser humano é o maior agente modificador da paisagem e responsável por impactos ambientais, atuando nos meios físico, econômico e social.
Um dos recursos naturais mais afetados pela agricultura é sua base física, isto é, o solo. A falta de conhecimento das características e propriedades dosolo, aliada ao modelo da monocultura intensiva e ao descaso com as futuras gerações tem levado à aceleração da degradação física e biológica dos solos, do ar e da água.
Assim, se constata que a questão ambiental, além de complexa, exige conhecimentos multidisciplinares. O manejo em solos frágeis é extremamente complexo, com várias limitações de uso, tudo isso somado a uma baixaprodutividade.
Além da questão ambiental e política, os cuidados com o solo referem-se, também, à própria pressão demográfica. Sabe-se que a erosão e a degradação dos solos podem ocorrer pela intervenção humana, entretanto, o crescimento populacional, a ocupação humana de encostas, as práticas inadequada de agricultura e pecuária, com o uso abusivo de inseticidas, adubos químicos, máquinas inadequadas,construção de estradas, etc. têm contribuído para alterações profundas do meio ambiente.
A água e o ar também são fatores que sofrem grande influência da modernização da agricultura, contaminados pelo uso de fertilizantes, adubos inorgânicos e agrotóxicos.
O descaso com a questão ambiental trás conflitos e carece de normas e instituições que sejam direcionadas para legislar sobre...
tracking img