Afff

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3337 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso Técnico em Administração
Unidade SAM
Profª Ana Claudia Belfort

Turma: 14 Aluno(a):

Base Tecnológica:

PPCP

Individual. Entregar impreterivelmente até o dia 19/11/2012. Livros base para responder às questões a seguir: MARTINS, Petrônio G.; LAUGENI, Fernando P. Administração da Produção. São Paulo: Saraiva, 2000. CORRÊA, Henrique L.; CORRÊA, Carlos A. Administração de Produção e Operações– Manufatura e serviços: uma abordagem estratégica. 2ª ed. 5ª reimpr. São Paulo: Atlas, 2010

CASE 1 – A MAIOR APOSTA DA FORD – FÁBRICA E CARROS NOVOS SÃO AS ARMAS DA MONTADORA PARA CRESCER NO BRASIL
A aposta da Ford para continuar brigando por fatias maiores do mercado brasileiro foi um modelo totalmente modificado do conhecido Fiesta. O novo carro, um popular que teve nome código de Amazon, nasceujunto com a moderna fábrica da montadora na Bahia. Para os 2.300 funcionários que trabalham nessa nova unidade de Camaçari, município da grande Salvador, foi também uma aposta de progresso para a região. Para a Ford, a segunda maior fabricante de automóveis do mundo, foi uma aposta no crescimento da filial brasileira, que pretendia dobrar sua participação com a nova família de produtos da plantanordestina. [...] A Ford não foi a única a se propor tal desafio. Toda a indústria automobilística vive a mesma inquietação. Hoje, para manter ou aumentar a venda de veículos, uma montadora tem de colocar nas revendedoras o que o consumidor quer: um carro bonito, confortável, durável, prático, ágil e, principalmente, barato, “fazer mais com menos”. A competição é ainda mais acirrada no mercado dospopulares, os carros de motor 1.0, que correspondem a sete de cada dez veículos vendidos no Brasil. [...] A produtividade deu um salto nos últimos vinte anos. A robotização da indústria já chega a 50% nas fabricas mais modernas do país. Um operário produz hoje mais de 100 automóveis por ano, contra uma média de 15 na década de 1980. A logística evoluiu a tal ponto que as indústrias de autopeças,que antes ficavam concentradas em poucos Estados, hoje viajam com as montadoras para onde elas fixam endereço. Na fábrica de Camaçari, por exemplo, 33 fornecedores acompanharam a Ford no projeto. Juntos, reduziram o tempo de produção de um carro de uma semana para um dia. Os consumidores também ganharam com o aumento de produtividade. Além do preço mais baixo, a qualidade e a durabilidade doveículo cresceram muito. “Nos anos 1980, um carro era projetado para durar até três anos sem dar problemas maiores ao
1

Curso Técnico em Administração
Unidade SAM
Profª Ana Claudia Belfort motorista. Hoje, o prazo de validade subiu para dez anos”, diz Luc de Ferran, o vice-presidente da Ford no Brasil. O consultor de indústria automobilística Edgard Viana, da A.T. Kearney, aponta outros avançosexcepcionais obtidos entre o fim da década de 1970 e hoje. Segundo ele, as pastilhas de freio, que precisavam ser trocadas a cada 10.000 quilômetros, atualmente duram quatro vezes mais. Um jogo de pneus, que aguentava 20.000 quilômetros, agora roda mais que o dobro dessa distância. Os metalúrgicos também viveram mudanças radicais nesse período. A qualificação exigida para um candidato que quisesseingressar em uma montadora aumentou. Antes bastava ter o 1º grau. Agora o piso acadêmico é o 2º grau completo. O número de acidentes de trabalho caiu 95% em vinte anos. [...] Até as históricas greves dos metalúrgicos cederam lugar a acordos mais flexíveis, como a redução da jornada de trabalho, que vem impedindo demissões nos últimos anos. O sistema de fabricação evoluiu de forma acelerada. Na fábricada Ford em Camaçari, todo o ciclo produtivo dura apenas um dia. A capacidade total é de 250 mil carros por ano, o que permite que a cada 80 segundos um veículo entre no pátio da montadora para ser transportado para o ponto-de-venda. O trabalho é sincronizado. Cada segundo conta. Quando um carro entra na linha de montagem, ainda em forma de esqueleto, os fornecedores são acionados e o pedido...
tracking img