Adolf loos, philip johnson, isay weinfeld

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3642 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ADOLF LOSS

1. Biografia
Arquiteto austríaco, Adolf Loos nasceu em 1870, em Brunn (hoje Brno), na República Checa. Estudou na Staatsgewerbeschule, em Reichenberg, frequentando depois o curso de arquitetura da Technische Hochschule de Dresden que concluiu em 1890.
Instala-se durante três anos nos Estados Unidos da América onde trabalhava como desenhista. Nesse país, teve contato com asmanifestações da arquitetura modernista, como os edifícios da Escola de Chicago, representada na Feira Mundial de Chicago. Em 1896, voltou para a Europa e iniciou a carreira de arquiteto.
Adolph Loos morreu em 1933.

2. Principais Obras
Em 1907, realizou um dos seus primeiros projetos conhecidos, o American Bar. Entre 1909 e 1911, construiu o edifício de habitação e comércio daMichaelerplatz, localizado no centro antigo de Viena. Este projeto, embora evidenciando aproximações à linguagem clássica (como se verifica noutras obras de Loos, como o Concurso para o Chicago Tribune) foi muito mal recebido pelo público devido à extrema simplicidade das suas fachadas.
Ao mesmo tempo estava em construção da Casa Steiner, uma habitação unifamiliar com rígido volume cúbico em betão armado elinguagem simplificada e ortogonal, que se tornaria num dos seus trabalhos mais conhecidos e influentes. Entre 1920 e 1922 Loos trabalhou para a Siedlungsamt de Viena, projetando alguns edifícios de habitação social.
Mais tarde estabelece-se em Paris, onde edificou a casa do poeta Tristan Tzara (1925-26) e três anos depois fez o projeto (não construído) para a casa de Josephine Baker, para a qualdesenha fachadas revestidas com tiras de mármore preto e branco.
De volta a Viena, projetou a Casa Moller (construída entre 1927 e 1928) e a casa Müller (1930), em Praga, famosa pelo seu elaborado interior no qual os espaços se interpenetram e se expandem livremente em pés-direitos duplos e diferenças de cota dos pavimentos. Loos designa esta qualidade espacial por Raumplan.

3. O RaumplanO Raumplan é o desenvolvimento da planta em diferentes cotas. Através das variações de altura das divisões, bem como das proporções adotadas e das mudanças de materiais, é estabelecida uma hierarquia entre os diversos espaços; criam-se zonas dentro da casa, definindo também graus de intimidade de cada divisão."
Para Loos, arquitetura é composição espacial consolidada – planificação do espaçoque poderá ser traduzida em planta. Embora não tenha desenvolvido esta ideia numa teoria formal, a direção deste pensamento é clara: "A grande revolução em arquitectura é a solução de uma planificação no espaço."

4. Ornamento e Crime
Em 1908, escreveu o ensaio/manifesto intitulado "Ornamento e Crime", no qual criticava o uso abusivo da ornamentação na arquitetura européia do final do séculoXIX. Loos acreditava que "quando uma cultura evolui, ela gradativamente abandona o uso do ornamento em objetos utilitários". Segundo alguns críticos, esta guerra contra o ornamento e a decoração esconde uma lacuna ideológica no modernismo: a falta de uma base cultural. O modernismo procurou deliberadamente destruir todos os vínculos e reminiscências da arquitetura histórica. Este ensaio marcou aruptura definitiva com os arquitetos que integravam o movimento da Secessão Vienense, como Hoffmann e Olbrich.

EDIFÍCIO MICHAELERPLATZ - ADOLF LOSS

O edifício da Michaelerplatz, concluído em 1910 e também conhecido por Looshaus, foi edificado na famosa praça vienense com o mesmo nome a mando da empresa Goldman & Salatsh, uma conhecida alfaiataria vienense, e no quarteirão demolido nessemesmo ano. Com a ideia de um grande edifício comercial ao nível da rua, em piso triplo, e da construção de apartamentos nos quatro pisos superiores, rematados com uma zona de oficinas na cobertura, o edifício foi o centro de uma acesa polemica na sociedade vienense.

Bem no coração da antiga cidade de Viena, o edifício foi a primeira oportunidade de Loos testar algumas das ideias que andava a...
tracking img