Aditivos alimentares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3152 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ADITIVOS ALIMENTARES

SAMUEL SCHVARTSMAN Aditivo alimentar é considerado pela legislação brasileira 2 como a substância intencionalmente adicionada ao alimento com a finalidade de conservar, intensificar ou modificar suas propriedades, desde que não prejudique seu valor nutritivo. A definição é, de alguma forma, criticável, pois ao admitir a modificação das propriedades, mesmo não prejudicandoseu valor nutritivo, induz ou favorece o engano. Essa situação é evidentemente contrária às regras educativas ou de comportamento frente à criança. A definição da FAO/WHO 18 é mais explícita e parece mais adequada, considerando aditivo como a substância não nutritiva adicionada intencionalmente ao alimento, geralmente em quantidades pequenas, para melhorar sua aparência, aroma, sabor, textura econservação. Esse tipo deve ser diferenciado do aditivo incidental, que é a substância residual ou migrada, presente no alimento, como decorrência das fases de produção, beneficiamento, acondicionamento, estocagem e transporte ou das matérias-primas nele empregadas. O aditivo intencional na nutrição infantil tem sido objeto de preocupações universais, notando-se, atualmente, uma tendência em maiorrestrição e controle mais rigoroso. Nesse sentido, é agora recomendado que: 1. O ideal serta a não inclusão de qualquer aditivo nos alimentos usualmente consumidos pelo lactente, particularmente no primeiro trimestre de vida, tais como: leites, farinhas e cereais e sucos de frutas. 2. Nos alimentos chamados para "bebê" e "júnior", os aditivos deveriam ser eliminados no máximo possível, tolerando-seapenas aqueles, como os agentes conservadores, cujas vantagens compensam largamente os possíveis riscos.

Departamento de Pediatria e Instituto da Criança "Prof. Pedro de Alcântara" do Hospital das Clínicas. Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. 1 Professor Adjunto. Diretor do Serviço de Consultas de Urgência e Triagem. Aceito para publicação em 16 de março de 1982.

3. O usodo aditivo deveria ser precedido, pela comprovação de sua ¡nocuidade, em pesquisas laboratoriais realizadas em animais jovens. 4. Os nitratos e nitritos deveriam ser evitados. 5. Os amidos deveriam ser preferidos como espessantes e estabilizadores. A legislação nacional determina que os alimentos que contenham aditivos deverão trazer, na rotulagem, a indicação dos utilizados, explicitamente ou emcódigo, devendo, em ambos os casos, ser mencionada por extenso a respectiva classe.

Classes de aditivos intencionais

Advertência — As definições utilizadas, bem como a descrição dos aditivos permitidos e seus respectivos códigos de rotulagem, foram baseadas na legislação nacional, particularmente no Dec. n.° 55.871. É possível que esses itens não estejam atualizados, podendo ter ocorrido aretirada ou a inclusão de aditivos das diversas listas, pois essas modificações não são comunicadas à classe médica. Recomenda-se, quando necessário, uma consulta direta aos órgãos do Ministério da Saúde, responsáveis por este assunto. Acidulantes São substâncias capazes de comunicar ou intensificar o gosto acídulo dos alimentos. Os permitidos e seus respectivos códigos são os seguintes: Ácido ÁcidoÁcido Ácido Acido adípico — H.I fosfórico — H.Ill glicônico — H.V láctico — H.VII tartárico — H.IX Acido cítrico — H.II Ácido fumárico — H.IV Ácido glicólico — H.VI Ácido málico — H.VIU Glucona delta-lactona — H.X

Quando utilizados dentro dos limites máximos permitidos, que variam entre 0,02 e 1,0%, não parecem determinar efeitos lesivos de importância. No entanto, segundo recomendações daFAO/WHO 19f os ácidos málico e láctico devem ser evitados nos alimentos destinados aos lactentes pequenos. Antioxidantes São substâncias utilizadas para evitar o aparecimento de alterações oxidativas nos alimentos e por isso adicionadas com maior freqüência em óleos, gorduras, margarinas, farinhas, leite de coco e similares, maioneses, produtos de cacau etc. Os permitidos e seus respectivos códigos...
tracking img