Acessibilidade para surdo por meio da libras e das sinalizações visuais em ambientes públicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4155 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Sumaré – Campus Santo Amaro
Curso de Pedagogia –Terceiro Semestre

Acessibilidade para surdo por meio da LIBRAS e das sinalizações visuais em ambientes públicos

Flávia Souza N Barreto 1013375
Márcia Andrade da Costa 1014622
Paula Silvia de Oliveira 1011787
Orientador: Mestre Daniel de SantiProjeto Profissional Interdisciplinar

São Paulo
Junho/2011

Faculdade Sumaré – Campus Santo Amaro
Curso de Pedagogia –Terceiro Semestre







Trabalho apresentado como requisitoparcial para a aprovação na disciplina
de PPI no terceiro semestre de 2011
.

Projeto Profissional Interdisciplinar

São Paulo
Junho/2011


"A gaivota cresceu e voa com suas próprias asas. Olho do mesmo modo como que poderia escutar. Meus olhos são meus ouvidos. Escrevo do mesmo modo que me exprimo porsinais. Minhas mãos são bilíngues. Ofereço-lhes minha diferença. Meu coração não é surdo a nada neste duplo mundo...” (O voo da gaivota –Emmanuelle Laborrit)


Agradecimentos

Agradecemos a Faculdade Sumaré e ao mestre Daniel de Santi pela
oportunidade de elaborar este projeto com o objetivo de aperfeiçoar o nosso
aprendizado e podermos compartilhá-lo com nossos colegas e educadores.Resumo

A Libras é a 2ª língua oficial do nosso país! Foi pelo decreto 5626/2005 que
regulamenta a Lei n⁰. 10.436 de 24 e abril de 2002 que o governo reconheceu a
LIBRAS como língua materna da população surda do Brasil.
Sabe-se que o surdo faz parte da sociedade e cabe aos ouvientes contribuirem
com este universo pertencente ao seu oposto, que consegue ler o mundo por meio de recursosvisuais. Esse individuo precisa de leituras compativeis com a sua realidade a fim de ser orientado e informado com dignidade nos espaços públicos.
Supoe-se que as exposiçoes imagéticas em LIBRAS não tem sido concretizada devido esse publico pertencer a minoria da populaçao e até mesmo por não ser uma lei,mas o que colocamos em pauta são as necessidades dos surdos que precisam aprender,fazer.convivere ser sem diferença de um ouvinte,pois como determina a Declaração Universal dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas –Direitos e Dignidade para todos.

PALAVRAS CHAVES: Universo surdo, incersão ,Direito e Dignidade para todos.


Índice

Introdução..........................................................................................................8Materiais e Métodos..........................................................................................9

Capitulo I-Resultados
I.I Recursos visuais por meio da LIBRAS e Sinalizações................................10

Capítulo II- Entendendo a Cultura Surda.........................................................14Conclusão........................................................................................................16

Webgrafia........................................................................................................17

Bibliografia.......................................................................................................19Anexos.............................................................................................................20

Introdução

O objetivo deste trabalho é pesquisar se em locais públicos há atendimento para o surdo e se esses serviços são adequados a essa parte da população. Partindo-se desse levantamento, serão analisadas: a presença de sinalização visual, a existência de placas com informações em LIBRAS e se existe funcionários preparados para atender as necessidades do grupo no...
tracking img