Abertura de industria quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (900 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Brasil vem passando por profundas transformações, sobretudo na ultima década, com a inauguração de um modelo de desenvolvimento que busca conciliar crescimento econômico com geração de emprego,estabilidade macroeconômica e redução da desigualdade e pobreza. No campo econômico, o ciclo de crescimento iniciado pela economia brasileira em 2004 é o maior em mais de duas décadas. Com efeito, entre2004 e 2010 o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu em termos reais 4,4% ao ano, mais do que o dobro do crescimento médio verificado entre 1981 e 2003.
O crescimento dos últimos anos aindase deu de forma sustentada e sem que ocorressem graves desequilíbrios macroeconômicos. Neste sentido, preservou-se a estabilidade monetária a despeito das pressões inflacionaria verificadas nosmercados externo nos últimos anos. Assim, desde 2005, a inflação se situa dentro das metas estabelecidas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Por outro lado, verificou-se uma trajetória declinante dadivida liquida do setor publico, que passou de 55% do PIB em 2003 para 40% do PIB em 2010.
As contas externas do país, por sua vez, permaneceram relativamente equilibradas durante todo o período emquestão, com o déficit em conta corrente flutuando em torno de 2% do PIB no período 2008-2010, após superávits significativos entre 2001-2007. Ademais, o nível de reservas alcançou o patamar de US$ 335,7bilhões em junho de 2011, o que reduziu a vulnerabilidade externa do país. Neste contexto, o país deixou de ser devedor e passa a ser credor do Fundo Monetário Internacional (FMI).
O Brasil conseguiumanter firme a continuidade da trajetória de crescimento, mesmo após os impactos negativos da maior crise financeira mundial desde os anos 1930, que atingiu particularmente as economias centrais entre2008 e 2009. Em grande medida, a rápida recuperação da economia brasileira – crescimento de 7,5% em 2010 – pode ser atribuída às medidas anticíclicas adotadas pelo governo, como o corte da taxa de...
tracking img